Bariloche em Junho Vale a Pena? 7 Passeios para Conhecer

Para ser sincero, eu visitaria Bariloche neste exato momento, se tivesse a oportunidade.

Você, também não aproveitaria?

Isto porque Bariloche é uma cidade com muitas atrações, não só aquelas que precisam de um inverno rigoroso ou de muita neve.

Contudo, junho marca o fim de outono na Argentina e o começo do inverno, então a probabilidade de nevar até o final do mês é grande.

Será que você vai gostar de viajar para Bariloche no mês de junho? Confira a nossa análise completa e tire todas suas dúvidas.

Vale a pena visitar Bariloche em junho?

Para saber se vale mesmo a pena ir neste mês em Bariloche, vamos listar agora os melhores passeios do mês na cidade.

Desta forma fica mais fácil você se programar e já começar a correr atrás de passeios, passagens e hotéis.

Então confira este review até o final e, caso já tenha tido uma experiência na cidade em junho, deixe o seu comentário ok?

1. Cerro Catedral

cerro catedral 2
Cerro Catedral

Mesmo que em junho corra o risco de não nevar em Bariloche, é certeza que você vai conseguir brincar na neve na estação de esqui de Cerro Catedral.

A estação, inclusive, conta com neve artificial para que as pessoas possam se divertir mesmo em meses de pouca neve.

Se trata da maior estação de esqui da América Latina, com diversas opções de esportes na neve e brincadeiras, como skibunda, skitubing, snowboard, teleférico e muito mais.

A estação conta com diversas lojas, com aluguel de equipamentos necessários e também aulas, em grupo ou particulares, para quem não nunca teve contato com ski.

2. Circuito Chico

Circuito Chico
Circuito Chico

É o passeio mais procurado para quem quer conhecer Bariloche “mais de perto”.

O Circuito Chico é um roteiro de 65 quilômetros pelos principais pontos turísticos da cidade.

Ele é feito na margem sul do Lago Nahuel Huapi, através de muitas paisagens, como montanhas, lagos, árvores típicas de Bariloche e atrações diversas.

Os turistas, inclusive, podem também aproveitar as atrações da estação Cerro Catedral, já que ela faz parte do roteiro.

Muitos optam por fazer o passeio por conta própria, mas recomendamos passeios fechados (Civitatis), já que os guias especializados já sabem como lidar com as condições da estrada e também climáticas.

3. Vulcão Tronador

cerro tronador
Cerro Tronador

As condições climáticas do mês de junho são propícias para conhecer um dos mais belos vulcões de Bariloche.

É o estratovulcão do Cerro Tronador, localizado quase na fronteira do Chile, com saídas diretas do centro de Bariloche.

É um passeio de 80 quilômetros até o Parque Nacional Nahuel Huapi, com algumas paradas no caminho para fotos.

As excursões contam com horários específicos, já que o caminho é inteiro de terra e difícil de percorrer.

4. Isla Victoria e Bosque de Arrayanes

Bosque de Arrayanes
Bosque de Arrayanes

Um dos passeios mais encantadores de Bariloche, feito através de um catamarã pelos lindos lagos e rios de Bariloche.

Ele conta com saída do Porto de Pañuelo, que fica apenas 25 quilômetros do centro de Bariloche, com destino à Península de Quetrihue, no Bosque de Arrayanes.

Também é uma excelente forma de conhecer todas as belezas da cidade.

O passeio dura em torno de 3 horas.

5. Winter Park

Winter Park
Winter Park

Uma ótima atração para aproveitar Bariloche em junho, com ambiente familiar para poder curtir as principais brincadeiras na neve de Bariloche.

O Winter Park está localizado a apenas 5 quilômetros do centro de Bariloche e conta com muitos visitantes, especialmente entre os meses de junho e agosto.

São atrações como esqui, skibunda, skitubing, pranchas, entre outras opções, com aulas para iniciantes e aluguel de equipamentos.

Se você quer diversão com os filhos, que nunca tiveram a oportunidade de brincar na neve, o Winter Park é a solução.

6. Caminhada à Lagoa Congelada

Valle Del Challhuaco
Créditos: Mariana Albertina Palacio (Flickr)

Um ótimo passeio para quem aprecia o contato direto com a natureza e, também, para fazer exercícios durante sua estadia em Bariloche.

É uma caminhada com raquetes de neve até o lago congelado no Valle Del Challhuaco, com diversas atrações como skibunda, prancha, degustação de bebidas e muito mais.

Mesmo que você para Bariloche em junho, a neve é quase sempre presente no Valle Del Challhuaco, uma boa chance para aproveitar esta atração gelada, mesmo no começo do mês.

7. Nieve al Límite

Villa la Angostura Cidade
Villa la Angostura

Outro passeio para curtir durante todo o dia em Bariloche, na fronteira entre a Argentina e Chile, na Cordilheira dos Andes.

Mesmo no mês de junho, é certeza de bastante neve, muito frio e também ótimas brincadeiras.

O passeio começa de manhã, saindo do centro da cidade, como passagens por Villa La Angostura e depois, montanha acima.

Os visitantes caminham, sempre com a presença de guias, até um dos pontos mais altos entre a fronteira dos dois países.

Depois é só aproveitar a neve para brincar a vontade e tirar muitas fotos. É um passeio novo de Bariloche e que vale muito a pena

Posts Relacionados

Onde Reservar Passeios e Serviços com os Melhores Preços?

Organizando sua viagem para a Argentina? Quer economizar na compra dos ingressos para as atrações?

A Civitatis é uma agência de viagens online especializada em passeios e experiências em diversas cidades do mundo todo – 100% confiável.

Além de oferecer centenas de ingressos diferentes (inclusive excursões GRÁTIS), ela consegue um preço único e abaixo do mercado para que você conhecer os principais passeios – com IOF incluso e cancelamento grátis até 48 horas antes da data marcada.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos!

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em [current_date format=”j \\d\\e F \\d\\e Y”].

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.

[faq]