Bonito em abril: como aproveitar durante o mês?

O que fazer em Bonito (MS) em abril? É uma boa época para visitar a cidade? Como é o clima da região no período? Neste artigo, vamos tirar todas essas dúvidas e muitas outras para você que está planejando visitar a capital do ecoturismo do Brasil.

Sim, a cidade de Mato Grosso do Sul é próxima de diversas atrações naturais para fazer os amantes de passeios na natureza ficarem de queixo caído. São muitas trilhas, morros, grutas, cachoeiras e lagos que proporcionam vistas incríveis e alta adrenalina.

Naturalmente, com tanta beleza ao redor, a cidade é alvo de muita procura na alta temporada, no período de férias escolares,  o que faz ser uma batalha dura encontrar hotéis disponíveis.

Para driblar esse entrave, muitas pessoas optam por visitar a região na baixa temporada, como é o caso do mês de abril, mas será que o passeio rende neste mês?

Como aproveitar Bonito em abril? Os melhores passeios para fazer

Apesar de ser uma época após os feriados de fim de ano, abril não é um mês considerado totalmente de baixa temporada em Bonito.

A Semana Santa de Páscoa que ocorre no mês atrai muitos turistas e o feriado de Tiradentes também costuma atrair um bom volume de público, principalmente quando intercalado em um final de semana.

Mas é fato que a maior parte do mês é considerada “morta” em turismo na cidade. Contudo, isso não prejudica a experiência de quem busca bons passeios de ecoturismo. Isso se deve muito ao clima de Bonito no mês de abril, algo que veremos com mais detalhes no final do artigo.

Primeiro, vamos ver quais são os melhores passeios para fazer em Bonito em abril.

1. Época boa para mergulho na Lagoa Misteriosa

Lagoa Misteriosa
Fonte: José Luiz Gonzalez (Flickr)

Uma vantagem que abril proporciona em Bonito em relação aos meses de alta temporada é a Lagoa Misteriosa. Em abril, ela passa por seu auge de visibilidade (chega a 40 metros).

É uma boa época para flutuação e mergulhos, especialmente com roupas de neoprene, que mantêm o corpo aquecido independente da temperatura das águas.

2. Gruta do Lago Azul

Gruta do Lago Azul
Fonte: Alexandre Lobo (Flickr)

Sem dúvida, é uma boa pedida visitar grutas, já que provavelmente você não enfrentará problemas climáticos para chegar ao local em boa parte do dia. A Gruta do Lago Azul fica localizada a 21 km de Bonito.

O passeio trata-se de uma viagem a uma caverna, mas não a uma caverna qualquer: você estará indo a uma das maiores cavidades inundadas do planeta.

Prepare-se para contemplar rochas, diversas formações rochosas de milhares de anos e, como clímax, registrar as águas de azul-turquesa. Um espetáculo da natureza.

A viagem começa com uma trilha de 200 metros até a entrada da cavidade. Para descer a gruta, há uma escada de 150 metros que totaliza 300 degraus. Durante a descida, o guia faz paradas para que os turistas possam conferir as belezas naturais, tirar fotos e descansar da caminhada.

A descida leva até a uma lagoa misteriosa, mas que com o tempo ganhou o nome de lagoa azul devido ao pigmento encantador de suas águas.

3. Cachoeiras Serra da Bodoquena

Cachoeira Serra da Bodoquena
Fonte: evanfer (Flickr)

Gosta de animais, principalmente peixes, e contato com a flora local? Certamente, as Cachoeiras da Serra da Bodoquena vão proporcionar uma ótima experiência para você e demais viajantes.

O lugar se encontra em uma fazenda a 70 km de Bonito. O passeio começa com uma trilha de 2500 metros e segue por mais 8 paradas com direito a mergulho na cachoeira.

Há também, durante o percurso, piscinas naturais que os turistas poderão desfrutar, e um passeio de bote pelo Rio Betione.

Mas não é só. A região conta ainda com um balneário com diversas atrações. Tem tirolesa, piscinas naturais, quadras esportivas, bar e restaurante. Uma ótima estrutura disponível em qualquer época do ano, seja na temporada de chuvas, seca ou na baixa temporada como o mês de abril.

Sem dúvida, essas cachoeiras são um dos melhores destinos da região para se visitar em abril e merecem entrar no seu planejamento de viagem.

4. Gruta de São Mateus

Gruta de São Mateus
Fonte: Bosco Martins (Flickr)

Outro destino interessante é a Gruta de São Mateus. É uma caverna que não necessita de verão para explorá-la nos mínimos detalhes, pois é tão inóspita e profunda que luzes somente  artificiais e lanternas podem revelar o caminho.

Após uma caminhada de 15 metros por uma trilha suspensa, caminha-se mais uma centenas de passos pela mata até chegar à entrada da gruta.

O viajante desce 60 degraus as suas profundezas onde passa a conferir de perto alguns de seus atrativos: formações geológicas milenares, colunas e estalactites engenhosas e imponentes. Impossível não entrar em um clima de aventura e suspense.

No final do passeio, o visitante chega a um dos lugares mais interessantes para os que curtem história: um museu repleto de objetos que são verdadeiras antiguidades de diversos períodos de Bonito e de Campo Grande.

Os próprios moradores doaram os objetos. Cada um, a seu modo, conta um pouco da história do lugar. Há desde animais empalhados a automóveis clássicos dos anos 1970.

5. Quadriciclo na Trilha Boiadeira

Pilotar quadriciclo em Bonito
Fonte: Mari Finamore (Flickr)

Um passeio garantido, seja na alta temporada ou na baixa temporada, é o passeio de quadriciclo na Trilha Boiadeira. Não há melhor época para curtir essa atração porque é um passeio possível de se fazer independente das condições climáticas.

Pode ser feito de dia e a noite, no verão ou no inverno, sob chuva ou em estações de seca brava.

O turista conduz o veículo confortável e divertido (as crianças adoram) por uma estrada de 8 km. Ela era usada por comitivas de gado de fazendeiros.

Por isso, não é um passeio monótono de linha reta sem grandes emoções. É uma estrada marcada por pedras e buracos no meio da mata. No entanto, graças ao veículo de rodas gigantes, é uma pilotagem segura – desde que o condutor tenha bom senso, é claro.

Todos que decidem fazer a Trilha Boiadeira de quadriciclo passam por treinamento e recebem equipamento de segurança.

Para os que pretendem visitar Bonito na Páscoa, essa atração costuma ser requisitada pelos que preferem opções mais “pés no chão”.

Preços estão sujeitos a variação, mas o mais seguro é escolher uma agência de turismo que inclua a atividade em seu roteiro de turismo para evitar surpresas.

6. Aquário Natural

Aquário Natural de Bonito
Fonte: José Luiz Gonzalez (Flickr)

Uma opção sempre requisitada nos feriados é o Aquário Natural de Bonito localizado na Reserva Ecológica Baía Bonita. Caso as outras possibilidades de mergulho e flutuação não estejam disponíveis, o aquário é uma alternativa garantida.

Suas águas são sempre cristalinas e calmas. É acessível para todas as idades e nem é preciso saber nadar para flutuar. Sem dúvida, um excelente programa para curtir com toda a família no feriado de alta temporada.

As roupas de mergulho têm proteção térmica, mas claro que no calor a experiência é melhor.

Além da flutuação, o Aquário Nacional coloca a disposição de seus visitantes uma infraestrutura composta de tirolesa, restaurantes, lojas, barcos de apoio e tirolesa.

Posts Relacionados

Como é o clima de Bonito (MS) em abril?

Bonito
Fonte: Barreto Silva (Flickr)

A temporada de chuva na cidade ocorre de outubro a fevereiro, ou seja, na época do verão. Já a estação seca inicia em junho e se estende até setembro. Isso significa que o mês de abril na região é considerado um mês de transição de estações.

Em termos de chuvas, quem viajar a Bonito nesta época pode ficar despreocupado. As chances de precipitação são de apenas 30%. Portanto, terá que ser muito “pé frio” para pegar chuva no período que estiver lá. Mas, mesmo que isso ocorra, a precipitação costuma ser rápida.

A temperatura em Bonito nesta época do ano costuma ser igual ao do restante do ano, ou seja, o visitante deverá encontrar temperaturas entre 21 °C e 24 °C. Os passeios à tarde neste clima costumam ser agradáveis e as noites podem ser um pouco frias.

Já a temperatura da água tem menor variação, porém sua média é um pouco mais baixa. A temperatura da água em Bonito varia de 21 °C a 24 °C em abril.

Portanto, o mês propicia condições climáticas que favorecem passeios nos principais pontos turísticos, mergulhos nas águas de rios e lagoas.

O visitante não irá presenciar a natureza do lugar em seu auge, mas não deixará de ver belezas naturais e conhecer os principais pontos turísticos.

O que levar na mala durante esse mês?

Sua mala deve ser composta por roupas leves e confortáveis, além das roupas de banho.

Inclua toalhas de banho e também é recomendável colocar alguns agasalhos, pois as noites são um pouco frias em Bonito nesta época do ano.

Inclua também:

É fundamental também levar tênis para poder caminhar nas estradas de terra e subir morros.

Não se esqueça de sua máquina fotográfica, pois será uma grande perda não poder registrar as belezas naturais que cerca essa famosa cidade de Mato Grosso do Sul.

Veja, aqui, mais dicas de como preparar sua bagagem. Depois disso, é só planejar sua viagem, fazer as malas e curtir tudo o que a capital do ecoturismo tem a oferecer. Boa viagem!