Como Chegar em Morro de São Paulo? Principais Informações

Preparamos um guia completo sobre a região para você deixar a sua viagem ainda mais completa. O download estará disponível no final. Boa leitura.

Anúncios

O Morro de São Paulo é um paraíso natural localizado a 63 quilômetros de distância de Salvador, na Bahia, na região conhecida como Costa do Dendê. Quer saber como chegar em Morro de São Paulo? É sobre isso que falaremos hoje.

Anúncios

O local é um destino peculiar, capaz de agradar a diferentes gostos – de quem busca paz e tranquilidade a quem quer um pouco mais de animação.

Por ficar localizado na Ilha de Tinharé, porém, chegar até lá vai demandar pelo menos um trecho de viagem mais alternativo.

Por isso, hoje vamos mostrar a você como chegar em Morro de São Paulo.

Como mostraremos a seguir, basicamente há duas formas de se fazer isso.

Uma delas é pelo ar, em pequenos aviões ou helicópteros.

A outra, mais comum, é de barco. Nesse caso, você ainda terá que fazer parte do trajeto pela estrada, seja de carro ou ônibus.

Apesar de num primeiro momento isso parecer certo transtorno, o deslocamento até o destino é até bastante simples.

E, no fim das contas, quando você chegar ao Morro de São Paulo, terá a certeza de que tudo valeu a pena.

E então, bora saber como chegar lá?




Antes de continuar a leitura... fizemos uma seleção com os principais passeios da região para você conferir. Veja agora (clique para ler os detalhes):

CARACTERÍSTICAPASSEIO
Primeira Praia
  • Famosa por ser a "praia dos surfistas", e também pelos esportes radicais
  • Local mais próximo ao centro, perto dos barzinhos e restaurantes
Ver Passeio →
Segunda Praia
  • Águas mais calmas e banhos em piscinas naturais
  • Grande quantidade de bares, restaurantes e pratos variados
Ver Passeio →
Terceira Praia
  • Permite o passeio de caiaque pelas ilhas da região
  • É a maior dentre as praias do Morro de São Paulo
Ver Passeio →
Quarta Praia
  • Água calma, com lindas piscinas naturais
  • Maior faixa de área entre todas as praias do Morro de Sâo Paulo
Ver Passeio →
Quinta Praia
  • Também conhecida como "Praia do Encanto", devido a sua grande beleza
  • Integra uma área da Mata Atlântica com proteção ambiental
Ver Passeio →
Mergulho em Morro de São Paulo
  • Águas cristalinas super receptivas ao mergulho
  • É possível encontrar diversas empresas especializadas em práticas de mergulho
Ver Passeio →



Chegar a Morro de SP: uma escolha pela água ou pelo céu

Morro de São Paulo
Fonte: CuchoGOL (Flickr)

Para chegar ao Morro de São Paulo, tenha em mente que você muito provavelmente terá que escolher entre dois pontos de partida: Salvador ou Valença, a cidade mais próxima.

Como é bem provável que você desembarque inicialmente na capital baiana, a partir daí precisará decidir se fará o trecho final pelo mar ou por via aérea.

Há uma terceira opção, que inclui um trecho por terra.

Como você deve imaginar, o que varia é o preço.

Nos últimos anos, surgiu também a possibilidade de se voar diretamente para Valença a partir de São Paulo e Minas Gerais. Os voos, porém, têm horários bem restritos e foram impactados pela pandemia.

De qualquer forma, no fim das contas não há outra alternativa para ir a Morro de São Paulo a não ser o barco ou o avião – ou ainda o helicóptero.

Para escolher a melhor maneira, considere não apenas o preço, mas também o que se adapta mais a você.

Ainda que o trajeto de avião seja o mais rápido, tenha em mente que ele é feito em pequenos aviões, e nem todo mundo se sente confortável em aeronaves desse tipo.

A maneira mais comum é por barco ou lancha, mas nesse caso considere o efeito do balanço da embarcação.

Na maior parte das vezes o mar está calmo, mas nem sempre é assim.

É algo muito próprio de cada um, mas algumas pessoas podem ficar enjoadas. Por isso, uma boa dica é tomar um daqueles remedinhos contra o enjoo um pouco antes de embarcar.

E lembre-se que barcos menores balançam mais do que os maiores.

Opções de traslado

A seguir, vamos apresentar todas as opções de translado. De Salvador para Morro, opções é o que não falta.

Há desde a maneira mais cômoda, em que você não irá precisar nem mesmo sair dos limites do aeroporto, até as mais “trabalhosas”, como ir até o terminal marítimo de Salvador ou fazer um trecho por terra até Valença.

Transfer aéreo

Esta é a maneira mais rápida para ir de Salvador para o Morro de São Paulo.

O táxi aéreo parte do próprio aeroporto internacional de Salvador. Assim, caso você chegue à capital baiana de avião, não é preciso nem mesmo sair do aeroporto para ir ao destino final.

O transfer aéreo é feito em um bimotor, sendo que o percurso demora apenas 25 minutos entre o embarque e a aterrissagem.

Ao chegar ao aeroporto, procure pelo guichê que faz o transfer ao Morro de São Paulo. Todo o trâmite é feito diretamente lá.

Depois de comprar a passagem, uma van levará você até o hangar onde fica o avião. Ou seja, você irá embarcar diretamente da pista, sem precisar.

Há duas pistas de pouso no Morro de São Paulo. Elas ficam próximas a hotéis do lugar. Uma das áreas de pouso está localizada na Terceira Praia, enquanto a outra fica na Quarta Praia.

Se você desembarcar na Quarta Praia, há um transfer incluso que levará você até o receptivo na Segunda Praia.

O serviço de táxi aéreo é bastante eficiente, mas os voos não são constantes ao longo do ano.

Em geral, há apenas um voo por dia no período de baixa temporada – e, desde o início da pandemia, a frequência foi ainda mais irregular, às vezes se limitando a três voos por semana.

Na alta temporada, por sua vez, as partidas são mais frequentes.

Dependendo do período, podem haver até três voos por dia. Por isso, vale a pena entrar em contato com alguma antecedência para conhecer as opções.

Mais rápido e mais cômodo, o táxi aéreo também é (bem) mais caro. Na média, cada trecho custa R$ 450 na alta temporada.

Assim, se optar pelo modal, acrescente pelo menos R$ 900 no orçamento para cada um que estiver fazendo a viagem.

Pelo mar

Se você quer saber como chegar em Morro de São Paulo sem ser de avião a partir de Salvador, a outra opção é se deslocar até a Cidade Baixa, ainda na capital baiana, e pegar uma das modalidades de transfer marítimo.

Pelo mar, é possível ir até o Morro de São Paulo de lancha ou de catamarã.

Nesse caso, prepare-se para um longo percurso mar adentro. O trajeto todo varia entre duas horas e meia e três horas. Vai depender das condições do mar e do vento.

No Morro de São Paulo, você irá desembarcar no cais, que fica na vila (centrinho).

Os preços do transfer marítimo variam de acordo com a época do ano ou mesmo com a demanda. Em geral, custa em média R$ 100 por pessoa. O valor é por trecho, portanto, precisa ser pago tanto para a ida quanto para a volta.

Transfer semi-terrestre: por terra e mar

Essa opção é a mais demorada, sendo que a viagem toda entre a saída do Aeroporto de Salvador e até a chegada ao Morro de São Paulo vai demorar mais de três horas.

Apesar disso, é a forma mais tradicional de ir ao Morro de São Paulo.

Isso porque boa parte do percurso é feita por terra, sem muito tempo para incômodo em alto mar. Você irá sair de Salvador até a cidade de Valença, e de lá pegará um barco ou lancha até o morro.

Mas mesmo esse transfer “híbrido” tem suas opções.

Você pode, por exemplo, alugar um carro e fazer o percurso até Valença por conta própria. Isso pode ser interessante se você estiver com a família ou tem planos de fazer o trajeto com a devida calma.

Da capital baiana até a cidade litorânea são pouco mais de 120 quilômetros, percurso que leva cerca de duas horas.

Pegando a BR 101, é possível ainda ir de carro até o atracadouro Bom Jardim, que fica próximo à Ponta do Curral, e estacionar por lá.

Outra maneira de se vencer esse percurso é através de transfer com vans credenciadas.

Do terminal marítimo de Valença, o percurso até o Morro de São Paulo é feito em uma hora se você optar pela lancha, ou 1h40 de barco. As saídas acontecem de hora em hora até o fim da tarde.

Há também outras formas de se fazer o transfer por terra e mar. Uma delas é embarcar no terminal marítimo de Salvador e ir pelo mar até Bom Despacho, na Ilha de Itaparica.

Lá, você pegará uma van até Valença, onde novamente pegará um barco para chegar ao Morro de São Paulo.

Apesar das baldeações, essa é uma forma de não precisar encarar tanto tempo de estrada.

Fretamento de helicóptero

De todas as maneiras de se ir de Salvador para Morro de São Paulo, esta certamente é a mais cômoda – mas, ao mesmo tempo, a menos usual e a mais cara delas.

Ir de helicóptero é a maneira mais exclusiva entre todas as formas de como chegar em Morro de São Paulo.

A duração do percurso é a mesma de quem escolhe o transfer aéreo de bimotor, ou seja, cerca de 25 quilômetros.

Horário não é problema: basta agendar e sair na hora que se quiser.

A questão é que fretar um helicóptero está longe de ser algo barato. Se num bimotor cada trecho sai por cerca de R$ 450, num helicóptero o preço individual é no mínimo o dobro disso.

Assim como no caso do transfer por avião, o pouso do helicóptero em geral acontece nas pistas de pouso existentes na Terceira e Quarta praias.

Alguns hotéis mais exclusivos também têm área de pouso.

Voo direto partindo de Campinas para a cidade de Valença

A pandemia de COVID-19 atrapalhou, mas tudo indica que as coisas voltarão a ser como eram em pouco tempo também na escolha de como chegar em Morro de São Paulo.

Isso porque a companhia aérea Azul tem autorização para fazer um voo direto para a cidade de Valença a partir do aeroporto de Viracopos, em Campinas.

O voo é bastante restrito – um por semana, aos sábados -, mas foi suspenso durante a pandemia devido à redução do fluxo de turistas. Quando as coisas se normalizarem, tudo indicar que voltará a operar.

Para quem consegue se programar e viajar no fim de semana, essa é uma ótima maneira de chegar a Morro de São Paulo. Afinal, Viracopos é um importante hub de viagens no Brasil, recebendo voos de diversos estados.

Assim, seja a partir da região sul do país, sudeste ou centro-oeste, ir a Campinas e de lá para a cidade de Valença se torna uma opção mais rápida e simples.

Como dissemos anteriormente, a partir de Valença a viagem via marítima para o morro dura cerca de 30 minutos.

Voo direto partindo de Belo Horizonte

A Azul também oferece um voo direto para Valença a partir de BH. Nesse caso, as condições são as mesmas encontradas por quem viaja de Viracopos: um voo por semana, aos sábados.

O transporte entre as duas cidades, da mesma forma, sofreu impacto durante a pandemia. A retomada das viagens deverá ser gradual, sobretudo na alta temporada.

Se você está se programando para ir para Morro de São Paulo, vale a pena entrar em contato com a companhia para descobrir quando será feita essa retomada.

Ah, se você optar por ir de avião a Valença, você ainda precisará fazer um percurso de cerca de oito quilômetros até o atracadouro de Bom Jardim.

Há vans que fazem esse fretamento, e talvez seja mais interessante do que se valer do transporte público.

E se eu estiver em Porto Seguro?

Estrada Porto Seguro
Fonte: Eduardo Gomes (Flickr)

Até aqui mostramos opções de como chegar em Morro de São Paulo a partir de pontos de partida mais comuns, como ir de Salvador ou outras cidades com voo diretos.

Mas a gente sabe que pontos turísticos é o que não falta na Bahia, e um dos destinos mais procurados por lá é Porto Seguro.

Ainda que Porto Seguro tenha inúmeras atrações e praias paradisíacas, quem viaja de outro estado pode ter o interesse em dar uma esticada também para o Morro de São Paulo, principalmente entre aqueles que estejam fazendo um mochilão.

E como se faria isso?

Bom, em primeiro lugar é bom deixar claro que os dois locais não são exatamente perto. Por via terrestre, são mais de 340 quilômetros de distância.

Dito isso, se você estiver em Porto Seguro, uma maneira de ir à Valença é de transporte público. A empresa que faz o trajeto é a Águia Branca. São cerca de oito horas de viagem via terrestre, além, é claro, da travessia final de barco.

Ir para Morro de São Paulo a partir de Porto Seguro também é possível de se fazer de avião. Como se sabe, há um aeroporto de porte considerável na região. As empresas Azul e Gol operam voos diretos entre a cidade e Salvador.

Se você optar por esse tipo de deslocamento, o restante do trajeto para ir para Morro de São Paulo você escolhe entre as dicas que apresentamos até aqui.

O que é melhor: catamarãs ou lanchas?

A menos que você faça um transfer aéreo, não tem jeito: como não existe a opção de ir apenas via terrestre, pegar um catamarã ou lancha é o único jeito de como chegar ao Morro de São Paulo.

Mas, você pode estar se perguntando o que é mais cômodo, catamarã para Morro ou alguma das lanchas?

Em geral, essa resposta parte de preferências muito pessoais, mas se formos dar uma resposta direta é: prefira o catamarã, também chamado de ferry boat.

Apesar de muitas pessoas considerarem que a lancha seja mais rápida, no fim das contas a diferença de tempo é de apenas poucos minutos.

A grande diferença entre as embarcações é outra: o balanço.

Quanto maior for o barco, menor é o balanço no mar.

Se você nunca teve a oportunidade de fazer uma viagem de barco em mar aberto, tenha em mente que é bastante comum o balanço provocar enjoos.

A dica, aliás, é tomar algum remédio contra enjoo com pelo menos 30 minutos de antecedência.

Uma lancha rápida tem a vantagem de encurtar um pouco o tempo de viagem, mas, ressaltamos, a diferença é mínima – a menos, claro, que você faça todo o trajeto até a ilha pelo mar saindo de Salvador.

O catamarã para Morro, por sua vez, é mais estável. A travessia com ele é mais suave e, em geral, o trajeto é feito sem maiores sobressaltos.

Independente disso, a notícia nem tão boa é que dificilmente você poderá escolher.

Em geral são as próprias empresas que fazem o fretamento que decidem se a travessia será feita de lancha ou com o ferry boat.

Para isso, elas consideram a quantidade de pessoas que precisam embarcar e as condições do mar.

Qual dos meios de como chegar em Morro de São Paulo é mais barato?

Tirolesa no Morro de São Paulo
Fonte: Nianin (Flickr)

Nós fizemos um artigo detalhando quanto custa viajar para Morro de São Paulo, incluindo todos os gastos que você terá por lá. Quando terminar de ler este artigo, vale a pena dar aquela conferida.

Mas o nosso tema aqui é mais específico.

Estamos tratando apenas das formas de se chegar ao morro, então vamos fazer um resumo sobre a média de valores. Veja qual se adequa melhor na sua relação orçamento/comodidade.

A escolha mais comum feita pelos turistas é pelo transfer semi-terrestre a partir do aeroporto internacional de Salvador.

Há opções indo até a cidade de Valença (custo aproximado de R$ 130) e depois pegar uma embarcação por lá.

Se você quiser viajar de barco já a partir do Terminal de São Joaquim, que fica em frente ao Mercado Modelo, na Cidade Baixa, no centro de Salvador, o catamarã ou a lancha rápida irá custar a partir de R$ 113.

As opções mais rápidas e cômodas são aquelas que envolvem transfer aéreo. O serviço é oferecido a partir do aeroporto de Salvador.

Se você optar pelo bimotor, o custo é de cerca de R$ 450 na alta temporada, podendo ser até 25% mais barato em períodos menos procurados.

Na opção mais exclusiva, você pode fretar um helicóptero.

Nesses casos, os valores variam – há diversas empresas que oferecem o serviço, e tudo depende do tamanho da aeronave. Mas, em média, você deverá gastar a partir de R$ 1 mil o trecho, por pessoa.

Você também pode gostar...

Guia completo, atualizado e 100% gratuito para

Morro de São Paulo