Neva em Campos do Jordão? Veja Aqui e Descubra

Campos do Jordão é um município pertencente ao estado de São Paulo e atrai milhares de visitantes ao longo de todo o ano. Mas a maior dúvida é: neva em Campos do Jordão?

A região da Serra da Mantiqueira atrai a atenção de turistas de todo o país por conta de sua arquitetura singular, paisagens verdejantes de tirar o fôlego e, é claro, por conta de suas baixas temperaturas.

A chegada do inverno marca o início da alta temporada no destino, que recebe um grande número de visitantes que desejam curtir o frio da cidade e aproveitar experiências mais românticas que pairam pelo ar.

Mas, afinal de contas, é possível ver neve em Campos do Jordão? Para responder, precisamos analisar as condições climáticas e sua área ocupada, geograficamente falando.

Por isso, decidimos trazer um estudo bem completo sobre os fatores que podem, ou não, trazer períodos de nevada para as cidades da região.

Vamos lá?

Neva em Campos do Jordão, na Serra da Mantiqueira?

Serra da Mantiqueira
Fonte: Trilhando Montanhas (Flickr)

Apesar de difícil, a neve já cobriu os campos de mata exuberante e as cidades da Suíça brasileira há alguns anos. Mas só houve dois registros de nevascas: no ano de 1920 e no ano de 1928. É o fenômeno mais conhecido de Campos do Jordão.

Os registros da nevasca são encontrados em diversas fotos da época, inclusive uma foto específica tirada pelo pesquisador e historiador da década de 1940, Condelac Chaves de Andrade.

Mas a neve voltou a cair posteriormente, nos anos de 1942, 1947, 1966 e 1975, sendo o último ano do registro de neve na região. Apesar da boa continuidade dos eventos, nenhuma das nevadas desses períodos foi de grande impacto.

Posts Relacionados

Condições climáticas para se nevar em Campos do Jordão

Diferentes dos estados da Serra Gaúcha, como Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná, Campos do Jordão conta com clima oceânico predominante no local, devido à sua grande altitude, situado cerca de 1.600 metros acima do nível do mar.

Assim, atinge temperaturas entre 22 ºC em dias mais quentes e até 3 ºC negativos em épocas mais frias.

Mas, apesar dos dados apontados, é um pouco difícil ver a cidade batendo temperaturas abaixo dos 0 ºC, o que é essencial para se nevar.

O conceito de se manter em épocas mais úmidas durante as estações da primavera e do verão, assim como períodos mais secos no inverno e no outono, é basicamente o mesmo apresentado no clima tropical semiúmido, presente no Rio de Janeiro, por exemplo.

Mas é aí que as semelhanças acabam, já que as temperaturas são completamente diferentes.

Mesmo sendo extremamente importante, a temperatura do solo não é o único fator responsável pelo fenômeno.

Isto porque o mesmo ocorre devido a uma combinação singular entre a temperatura do solo, a temperatura atmosférica, a massa de ar que sobe e a grande umidade presente nas nuvens.

Se observarmos com atenção, veremos que as épocas mais frias de Campos do Jordão contam com um clima majoritariamente seco, contendo baixos níveis de umidade no ar e, consequentemente, nas nuvens.

Graças a esses desencontros, épocas de neve são bastante escassas na localidade.

Isto porque, mesmo contando com baixas temperaturas atmosféricas e do solo, a baixa umidade presente no ar compromete a produção dos flocos de neve.

É por isso que não neva em Campos do Jordão como gostaríamos.

A temperatura mais baixa registrada em Campos do Jordão

Como dito acima, é um pouco difícil a região de Campos atingir temperaturas negativas, mas isso não impede a localidade de atingir marcas expressivas em seus termômetros.

A marca mais baixa atingida recentemente pelo município de São Paulo foi registrada em 30 de junho de 2021, quando os termômetros marcaram -2,5 ºC. Mas, apesar de baixa, nem se compara ao número registrado no inverno de 1988.

O ano teve a presença de um dos invernos mais rigorosos da região de São Paulo, atingindo impressionantes 7,3 ºC abaixo de zero. Essa foi a temperatura mais baixa registrada no estado de São Paulo.

Desde que foi iniciado em 1961, o levantamento das temperaturas da localidade alcançou, com exceção do inverno de 1988, uma média de -3,8 ºC.

É muito comum um número considerável de pesquisadores alegar que a neve se fazia muito mais presente nas épocas anteriores à virada do século.

Diferenças entre geadas e neve

O clima mais seco da região é mais propenso à formação de geadas, o que acaba confundindo boa parte das pessoas, principalmente os visitantes mais desavisados.

Apesar de apresentar certa similaridade, o alcance das geadas é bastante inferior ao alcançado pela neve. Mas as diferenças não param por aí.

As geadas ocorrem próximas ao solo, criando uma fina camada de gelo em rios e lagos, casas, colinas e carros.

Já a neve alcança pontos maiores de altitude, já que o processo de sublimação é essencial para a produção dos flocos de gelo que caem do céu, formando aquela camada branca já conhecida.

Possibilidade de novas nevadas em Campos do Jordão

Neva em Campos do Jordão?
Fonte: Matteo Ruaro Photography (Flickr)

Como é de se esperar, não há uma previsão concreta de quando realmente a neve retornará à Serra da Mantiqueira.

Mas é certo afirmar que os meses de junho e julho são os mais indicados para o fenômeno devido às suas temperaturas mais amenas. Elas são ideais para a criação dos flocos de gelo.

O único problema que torna a neve tão imprevisível na região é o fato dos meses mais propensos apresentarem um clima mais seco, tirando grande parte da umidade do ar necessária para a produção dos flocos, tornando tecnicamente impossível a queda da neve na região.

No entanto, não é impossível de se acontecer, já que boa parte das nevadas sobre Campos do Jordão aconteceram justamente nesses meses.

Mas o que entra em destaque e agrava ainda mais as chances mínimas de ser ver neve na região é o aumento gradativo da temperatura, que vem ocorrendo ao longo dos anos.

Esse aumento linear faz com que, em conjunto com o clima mais seco, haja uma perda significativa na eficácia do fenômeno natural.

O aumento da temperatura vem afetando não só Campos do Jordão, mas todo o Brasil, causando irregularidades incontáveis em diversos estados.

Quando nos perguntamos se neva em Campos do Jordão, portanto, a falta de neve é só mais uma consequência disso.

Perguntas frequentes

Já nevou em Campos do Jordão?

No início da virada do século, havia mais neve em Campos do Jordão. Além disso, os anos de 1920 e 1928 apresentaram fortes nevascas, intensificando ainda mais a presença da neve na u201cSuíça brasileirau201d. Os anos de 1942, 1947, 1966 e 1975 também contaram com a presença do fenômeno, mas em escala muito menor.

Quantas vezes já nevou em Campos do Jordão?

Campos do Jordão já recebeu 6 períodos de nevada, nos anos 1975, 1966, 1947 e 1942, quando o evento foi de baixa intensidade. Já nos anos de 1920 e 1928, sua intensidade foi maior, cobrindo todo o campo de visão, culminando na experiência definitiva de quem visitou e morou na região durante a época.