Carregando...

O Que Fazer Em Curitiba Com Chuva? 9 Ideias de Passeios

Você quer saber o que fazer em Curitiba com chuva, porque tem medo de estragar suas férias? Não se preocupe!

Anúncios

O Viagem Club trouxe algumas ideias para a sua viagem ser inesquecível – no melhor sentido.

Anúncios

Curitiba é uma cidade que foge dos padrões brasileiros, pois a temperatura dificilmente passa dos 25 ºC.

Então, muita coisa pode ser feita sob o friozinho típico da região, por exemplo:

  • Tomar um café quentinho na Rua 24 Horas;
  • Fazer um passeio ao ar livre, incluindo parques e bosques, como o Jardim Botânico, e o Bosque Alemão;
  • Comprar iguarias no Mercado Municipal de Curitiba;
  • Entre outros.

Por outro lado, visitar a cidade de Curitiba com chuva pode limitar a lista sobre o que fazer na cidade.

Pensando nisso, elencamos 9 dicas de lugares imperdíveis para conhecer em Curitiba durante a temporada de chuvas na capital paranaense.

Boa leitura!

O que fazer em Curitiba com chuva?

O clima curitibano é sempre muito gostoso, ainda mais se você vier de cidades litorâneas, com altas temperaturas. É inegável a diferença – e a experiência também.

Mas o que intriga os viajantes é saber o que fazer em Curitiba em dias de chuva, afinal, passeios ao ar livre estão fora de cogitação, certo?

A menos que o tempo dê uma trégua e você consiga dar uma volta no Jardim Botânico e na estrada da Graciosa de guarda-chuva, mas mesmo assim, não é certeza.

De todo modo, vamos conhecer os passeios ideais para épocas de chuva na cidade de Curitiba. Confira!

1. Curitiba com chuva: visitar o Museu Oscar Niemeyer (Museu do Olho)

Museu Oscar Niemeyer
Fonte: Admilson Santos (Flickr)

Não importa se faz sol ou chuva, a verdade é que visitar um dos maiores museus da América Latina é atividade obrigatória em Curitiba.

Com obras de diversos autores, como Tarsila do Amaral, Cândido Portinari e Oscar Niemeyer, o Museu do Olho – como ficou conhecido o Museu Oscar Niemeyer – é referência de design, cultura e arquitetura.

Inclusive, o próprio arquiteto projetou o prédio (Edifício Castelo Branco) onde foi reformulado para o Museu Oscar Niemeyer.

Então, se você pegar a cidade de Curitiba em dia de chuva, não deixe de incluir em seu roteiro de viagem uma passadinha no Museu do Olho.

  • Endereço: Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 17h;
  • Preço: R$ 30 (inteira). Veja o site oficial.

2. Curitiba com chuva: apreciar a vista na Torre Panorâmica de Curitiba

Torre Panorâmica de Curitiba
Fonte: Nicole Reckziegel (Flickr)

Você consegue imaginar uma torre telefônica com deck para os visitantes terem uma vista panorâmica da cidade? Pois em Curitiba tem!

A Torre Panorâmica foi inaugurada no início dos anos 90 e é a única do Brasil a possuir um deck para as visitas.

Ela fica em um dos pontos mais altos da cidade, no Bairro das Mercês, oferecendo uma visão de 360º, a uma altura de 109 metros.

Para ficar melhor ainda, a entrada é livre e você ainda assiste à exposição do Museu do Telefone.

Sem dúvidas, um bom lugar para quando você não souber o que fazer em Curitiba com chuva.

  • Endereço: Rua Professor Lycio Grein Castro Vellozo, 191 – Mercês, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: de terça a domingo, das  10h às 18h;
  • Preço: R$ 6 (inteira).

3. Curitiba com chuva: conferir obras e exposições incríveis nos museus de Curitiba

Curitiba tem mais de cinco museus para os turistas passearem durante os dias de chuva.

Tem Museu de Arte Sacra, Museu de Arte Contemporânea do Paraná, Museu Metropolitano de Arte de Curitiba (MUMA), Museu Alfredo Andersen, além do Museu Oscar Niemeyer.

Mas, para além dos museus de arte, há também outros que merecem sua visita quando for a Curitiba com chuva. Veja a seguir:

Museu Paranaense

Museu Paranaense
Fonte: Studart1 (Flickr)

Esse foi o primeiro museu do Paraná e fica meio escondido no Largo da Ordem. Se você estiver por lá no domingo, onde acontece uma tradicional feira, e não conseguir aproveitar por causa da chuva, dê um pulo no Museu Paranaense.

O museu está localizado no Palácio São Francisco e foi inaugurado em 1876, então tem muita coisa histórica nesse lugar.

Ao todo, são mais de 3 mil itens sobre História, Arqueologia e Antropologia.

Vale a pena para quem gosta do tema e tem curiosidade em conhecer as obras indígenas de todo o país.

  • Endereço: Rua Kellers, 289 – São Francisco, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: todos os dias, das  10h às 17h30;
  • Preço: gratuito.

Museu do Holocausto de Curitiba

Museu do Holocausto
Fonte: Rodrigo Félix Leal (Flickr)

O que não falta é história em Curitiba para ter onde ir e o que fazer com chuva. O Museu do Holocausto, por exemplo, é o primeiro do Brasil e revela fotos, objetos e relatos de quem viveu a Segunda Guerra Mundial.

É um capítulo triste e revoltante da nossa história, mas que serve de alerta aos dias de hoje, para que toda guerra seja condenada.

Você pode visitá-lo todos os dias (exceto quinta e sábado), mas se quiser ter a companhia de um guia, vá ao Museu do Holocausto no domingo.

  • Endereço: Rua Cel. Agostinho Macedo, 248, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: segunda, terça, quarta e sexta, das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h30, e domingo, das 9h às 12h;
  • Preço: gratuito (não é permitida a entrada de crianças menores de 12 anos).

Memorial Ucraniano de Curitiba

Memorial Ucraniano de Curitiba
Fonte: adilsonkarafa (Flickr)

Os horrores do Holodomor, ocorrido na década de 30, na Ucrânia, também ganharam destaque no primeiro Memorial Ucraniano do Brasil, localizado em Curitiba.

A vista da construção de madeira e a cúpula de bronze (réplica da igreja ucraniana Serra do Tigre, no município de Mallet, Paraná), situado no Parque Tingui, já atrai os olhares para adentrar o Memorial.

O museu conta com exposições sobre a história da geopolítica da Ucrânia e seu papel estratégico nas duas guerras no século XX.

Além disso, os turistas terão a chance de conhecer a riqueza cultural do povo ucraniano, que hoje é incorporada na vida dos curitibanos.

Vale a pena ir ao Memorial Ucraniano e absorver seu conteúdo histórico.

  • Endereço: Rua Dr. Mbá de Ferrante, S/N – Parque Tingui, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: de terça a domingo, das  10h às 17h45;
  • Preço: gratuito.

Museu Expedicionário

Museu Expedicionário
Fonte: Guilherme (Flickr)

Outro museu com exposições sobre a Segunda Guerra Mundial é o Museu Expedicionário, com acervo completo sobre a participação do Brasil no conflito bélico.

Por lá você vai encontrar muitas fotos, mapas e um acervo de munições e armas utilizadas pela Força Expedicionária Brasileira (FEB).

Mas se você quiser expandir ainda mais o conhecimento, visite a Praça do Avião, logo em frente, com relíquias da guerra, incluindo um carro de combate.

Com certeza você vai sair de lá com outra visão do mundo.

  • Endereço: Rua Comendador Macedo, 655 – Alto da XV, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: das  10h às 17h (terça a sexta), e das 14h às 17h (sábado e domingo);
  • Preço: gratuito.

Museu Egípcio (Museu da Múmia)

Museu Egípcio de Curitiba
Fonte: Jessica Loyola (Flickr)

Outro ponto de encontro dos apaixonados por cultura e história é o Museu Egípcio, Rosa Cruz e o Museu Tutankhamon.

O local causa tanto impacto visual que é como se você viajasse o mundo sem tirar os pés de Curitiba. É fascinante!

Além das réplicas perfeitas dos objetos do Antigo Egito, há também múmias originais nas salas interativas. Trata-se da Múmia Tothmea, de 2.700 anos, e da múmia de uma criança andina.

O Museu Egípcio é uma atração que deve ser incluída em seu roteiro de viagem em dia de chuva.

  • Endereço: Rua Comendador Macedo, 655 – Alto da XV, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: de terça a sexta, das 10h às 16h30 (permanência até 17h30), e sábados, domingos e feriados (exceto segundas), das 10h às 16h;
  • Preço: R$ 34 (os três museus).

Museu Ferroviário

Museu Ferroviário de Curitiba
Fonte: cassunca (Flickr)

Uma das diversas atividades para as crianças é levá-las ao Museu Ferroviário, localizado no Shopping Estação.

O local preserva cada detalhe da bilheteria da época, além de uma enorme locomotiva na entrada. Rende boas fotos!

  • Endereço: Av. Sete de Setembro, 2775 (no Shopping Estação) – Rebouças, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: das 10h às 18h (de terça a sábado), e domingo, das 11h às 19h;
  • Preço: gratuito.

4. Curitiba com chuva: passear pelo Centro Histórico de Curitiba em dia de chuva

Centro Histórico de Curitiba

Você acabou de sair do museu e viu que parou de chover na cidade de Curitiba? Então é hora de passear pelo Centro Histórico (mas leva o guarda-chuva para se prevenir!).

Apesar de ser um passeio ao ar livre, caso chova um pouquinho não vai atrapalhar tanto, já que você pode entrar em lojas, igrejas e em espaços culturais da cidade para se proteger. Afinal, há muito o que fazer em Curitiba com chuva!

É lá que fica a famosa Rua das Flores (Rua XV de Novembro), uma avenida florida e muito charmosa, além do Largo da Ordem, Paço da Liberdade e da Praça Tiradentes, onde fica o Marco Zero da Capital.

Portanto, não deixe de registrar a visita, pois o local preserva as construções coloniais do século XVII e XIX.

  • Endereço: Rua José Bonifácio, 33 – Centro, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: todos os dias;
  • Preço: gratuito.

5. Curitiba com chuva: fazer compras no Mercado Municipal de Curitiba

Mercado Municipal de Curitiba
Fonte: Wagner Jorge Araujo Nogueira (Flickr)

Na década de 50, foi inaugurado o Mercado Municipal de Curitiba, uma das melhores opções de passeio para quem não sabe o que fazer na cidade em dias de chuva.

O Mercado Municipal oferece grande variedade de legumes, verduras e frutas, além de opções orgânicas, como ervas, temperos, conservas e bebidas

Há também bons restaurantes temáticos, como o oriental Restaurante Taka, que fica aberto até às 15h aos domingos, e uma praça de alimentação.

Uma boa opção quando bater aquela fome e você não souber onde comer fora do Mercado Municipal de Curitiba.

  • Endereço: Av. Sete de Setembro, nº 1865, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: de terça a sábado, das 8h às 18h. Já domingo, a programação é das 8h às 13h.

6. Curitiba com chuva: fugir da chuva em Curitiba no Museu do Automóvel

Museu do Automóvel de Curitiba
Fonte: Rafael Irala (Flickr)

Mencionamos neste artigo que a visitação em parques não seria apropriado para um dia de chuva em Curitiba. No entanto, o Parque Barigui reserva algo a mais do que um gramado  e muita área verde: há também o Museu do Automóvel.

O Museu do Automóvel é um espaço dedicado aos amantes de carros antigos. São mais de 100 veículos no acervo, incluindo uma McLaren – um carro da Fórmula 1 – que já foi dirigida por Emerson Fittipaldi.

O bom é que cada veículo traz uma placa informativa sobre a marca, ano, modelo e sua origem. É um dos melhores passeios também para crianças, quando você não sabe o que fazer em Curitiba com chuva.

Ah, se você tiver sorte, talvez consiga ver as famosas capivaras no Parque Barigui, quando a chuva der uma trégua.

  • Endereço: Av. Cândido Hartmann, S/N – Santo Inácio e Bigorrilho (indo pela BR 277, Rod. do Café, KM 0), Curitiba;
  • Horários de funcionamento: diariamente, mas o Museu do Automóvel funciona de terça a domingo, a partir das 10h (consulte os horários, pois podem variar);
  • Preço: R$ 10 por pessoa e R$ 15 por casal.

7. Curitiba com chuva: assistir a espetáculos no Teatro Ópera de Arame

Teatro Ópera de Arame
Fonte: FUNDAÇÃO CULTURAL DE CURITIBA (Flickr)

A melhor maneira de escapar da chuva de Curitiba é se abrigando no Teatro Ópera de Arame, uma construção que lembra o Jardim Botânico por conta da cúpula de vidro.

No espaço situado no Parque da Pedreiras, espetáculos atraem um bom público, tanto aqui quanto no Espaço Cultural Paulo Leminski.

Caso você queira apenas visitar, a entrada é gratuita, mas assistir aos eventos custa R$ 15. É um bom preço para conferir um espaço de cultura e lazer na cidade de Curitiba nos dias de chuva.

  • Endereço: Rua João Gava, 920 – Abranches, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: de terça a domingo, das  10h às 18h;
  • Preço: gratuito para visitas.

8. Curitiba com chuva: ir aos melhores restaurantes e bares de Curitiba

Não é só no Mercado Municipal que você encontra bons restaurantes e bares, não. A charmosa Rua 24 Horas também é um dos pontos turísticos para turistas e nativos da cidade de Curitiba e ótimo refúgio em dias de chuva.

O local, na Rua Visconde de Nácar, S/N, é coberto por uma arquitetura de metal, e possui um grande relógio no topo da entrada. À noite, a Rua 24 horas ganha ainda mais destaque por conta das luzes que iluminam seu interior.

Além disso, há outros lugares para comer e tomar uns drinks em uma Curitiba com chuva. Veja três deles abaixo:

Bar Alemão

Bar Alemão
Fonte: Fecomércio PR (Flickr)

O famoso Bar do Alemão, no Largo da Ordem, se apresenta em um ambiente de taverna e oferece um dos pratos típicos da região: o Barreado.

Feito com carne cozida por 20 horas, arroz e mandioca, o Barreado possui um caldo grosso e muito apetitoso.

Definitivamente, a melhor parte sobre o que fazer em Curitiba com chuva é comer!

  • Endereço: Rua Drº Claudino dos Santos, 33 – São Francisco, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: todos os dias, das  23h às 2h;
  • Preço médio: R$ 30.

Taco El Pancho e Txapela, no Batel

Taco El Pancho
Fonte: Roberta Lopes (Flickr)

Além do Bar Alemão, há outras opções de bares e restaurantes na cidade de Curitiba nos dias de chuva.

Por exemplo, o bairro do Batel é famoso por seus bares e restaurantes, como o Taco El Pancho, um local com sabor mexicano, perfeito para levar a família.

O cardápio é generoso, e além dos pratos típicos do México (burritos, tacos e nachos), há também uma variedade de cocktails, incluindo uma homenagem à Paola Bracho, da novela mexicana María la del Barrio. Imperdível!

  • Endereço: Rua Bispo Dom José, 2293 – Batel, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: de segunda a quinta, das  17h às 23h30, e sexta e sábado, das 17h à 1h;
  • Preço médio: R$ 16.

Já o Txapela é especializado em culinária espanhola, garantindo dose dupla de drinks e petiscos até uma certa hora.

  • Endereço: Rua Bispo Dom José, 2481 – Batel, Curitiba;
  • Horários de funcionamento: de quinta à sábado, das  19h30 às 2h30, e quarta, das 19h30 à 1h30;
  • Preço médio: sob consulta.

Opções é o que não faltam para comer bem mesmo em dias de chuva na capital paranaense.

9. Curitiba com chuva: fazer tour na Arena da Baixada

Arena da Baixada
Fonte: Bernardo Villanueva Jr. (Flickr)

Ainda não sabe o que fazer em Curitiba com chuva? Visite o estádio do Atlético Paranaense, Arena da Baixada, o mais moderno da América Latina.

O tour é guiado e você poderá conhecer os camarotes, as arquibancadas, e muito mais coisas que num dia de futebol ficaria impossível.

Aliás, a Arena da Baixada é o único estádio com teto retrátil. Isso torna possível incluir em seu roteiro a Curitiba em dia de chuva, já que o teto passa boa parte do tempo fechado.

Para completar, esse estádio do Atlético Paranaense recebeu alguns jogos da Copa do Mundo de 2014. Vale a visita, hein?

  • Endereço: entrada pela Rua Buenos Aires, Curitiba;
  • Horários do tour: 9h30, 10h30, 11h30, 14h, 15h e 16h (de terça a domingo);
  • Preço: R$ 20 (inteira).

Como é o clima de Curitiba com chuva?

A cidade de Curitiba é famosa por ser uma das cidades mais frias do Brasil. Suas temperaturas beiram entre 10 ºC a 25 ºC, o que significa que, mesmo nos meses mais quentes, Curitiba está longe de ter o clima quente das cidades litorâneas.

Mas isso não quer dizer que o calor não vá ultrapassar os 27 ºC, ainda mais entre janeiro e março. Então, se você prefere o calorzinho, esteja preparado também para os dias de chuva, comuns entre os meses de novembro a março.

Em suma, os meses mais quentes de Curitiba, recebem mais chuva, enquanto os meses mais frios (de junho a agosto) formam a temporada mais seca.

Já sabe o que fazer em Curitiba com chuva?

Apresentamos 9 principais dicas de passeios que você pode fazer na cidade de Curitiba nos dias de chuva.

Mesmo que fique difícil caminhar por um parque, você não vai perder viagem ao visitar a capital do Paraná.

É só seguir as nossas dicas de roteiro e visitar a Rua 24 Horas, a Torre Panorâmica, o Museu Oscar Niemeyer, e todos os lugares que citamos aqui.

Quer saber de outros lugares para visitar mesmo com chuva? Veja, aqui, o que fazer em Foz do Iguaçu em dias chuvosos!

Você também pode gostar...

Guia completo, atualizado e 100% gratuito para

Curitiba