Carregando...

O Que Fazer Em Santa Felicidade (Curitiba): As Principais Atividades do Bairro

Se você está procurando por um material que indique a você o que fazer em Santa Felicidade, não precisa mais procurar!

Anúncios

Quando você pensa em um bairro em meio a uma grande metrópole, mas com ares de interior, ruas de paralelepípedo e muito charmoso, você deve estar imaginando que é difícil de encontrar, não é mesmo?

Anúncios

Na verdade, esse bairro existe, se chama Santa Felicidade e fica em Curitiba, no Paraná!

O bairro possui uma forte influência da colonização italiana, com ruas tranquilas e diversas opções de restaurantes e cantinas que fazem, por vezes, você se sentir em plena Itália!

Neste artigo vamos mostrar o que fazer em Santa Felicidade, seus prós e contras, e se vale a pena ou não conhecer a região.

Conhecendo Santa Felicidade (Curitiba)

O nome do bairro é uma homenagem à Dona Felicidade Borges, uma portuguesa proprietária de terras na região no século XIX. Ela acabou doando uma parte das suas terras para os imigrantes italianos.

O bairro começou a se formar no antigo caminho que fazia a ligação entre a capital e o norte velho do estado do Paraná. Esse trecho era conhecido como Estrada do Cerne.

Hoje em dia o bairro é famoso por ser um reduto de restaurantes italianos, além de possuir lojas ligadas a artesanato e vinícolas.

As três principais vias do bairro são: a Avenida Manoel Ribas, a Vereador Toaldo Túlio e a Via Vêneto, onde se encontram os principais e mais tradicionais restaurantes do bairro, além do terminal de ônibus e a Rua da Cidadania.

Santa Felicidade é considerado um ponto turístico por oferecer aos visitantes diversas atrações ligadas ao lazer, cultura e gastronomia. Além disso, por ter diversas referências históricas, principalmente ligadas a época de colonização dos italianos.

Principais atrações de Santa Felicidade

Vamos conhecer um pouco sobre as principais atrações do bairro Santa Felicidade?

Igreja Matriz de São José

Para começar o passeio no bairro, a dica é conhecer a Igreja Matriz de São José, uma das mais importantes construções da região. A igreja foi inaugurada em 1891 e conta com uma arquitetura que mistura o romantismo e o clássico.

A torre do sino, ou campanário, é uma construção separada, que está bem ao lado da entrada principal da igreja. É uma excelente opção para quem deseja observar de perto a tradição religiosa da Itália.

Vale a pena investir um tempo para apreciar a arquitetura e registrar o momento.

Bosque Italiano

O bosque, que também é conhecido como São Cristóvão, possui uma área de mais de 23.000 metros quadrados e abriga também o Memorial da Imigração Italiana.

Esse museu foi criado como uma forma de homenagear os imigrantes italianos que ajudaram a transformar o bairro de Santa Felicidade em uma referência da cozinha italiana em Curitiba.

O bosque Italiano possui estrutura para receber festas típicas, com espaço para barracas, churrasqueiras, palco para apresentações e polenteria.

Casa dos Gerânios

O local, que também é conhecido como “Sobrado Nona Carolina”, é uma construção feita por Nicolau Boscardin, um dos primeiros moradores do bairro a se destacarem na região, datada do ano de 1891.

A Casa dos Gerânios ficou conhecida por esse nome, pelo fato das janelas do sobrado serem decoradas com arbustos e ervas de gerânio, uma espécie de planta com flores.

A construção também chama a atenção devido a seus atributos rurais, como o beiral de cimalha e a cobertura com telhas alemãs.

Vinícola/Vinhos Durigan

Que tal uma degustação de vinhos, queijos e salames da melhor qualidade?

A vinícola Durigan, uma das mais tradicionais do bairro, oferece isso tudo e você ainda tem a oportunidade de conhecer a construção, com sua decoração típica e esculturas, como o Deus do Vinho.

Outra atração da vinícola são suas lojinhas de artesanato, onde você terá a oportunidade de levar lembrancinhas do local.

Casa Culpi

A Casa Culpi foi construída em 1887 por Giovanni Battista Culpi, com o intuito de ser um comércio de secos e molhados.

O local é conhecido por ser um edifício histórico e, nos dias de hoje, pertence à prefeitura Municipal de Curitiba, que transformou a Casa Culpi em um Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Velho Madalosso

Os restaurantes típicos de comida italiana não poderiam deixar de estar nesta lista. Um dos que mais se destacam na região, o Velho Madalosso é reconhecido com um dos maiores da América Latina.

O restaurante é famoso por seu rodízio de comida típica italiana, oferecendo mais de catorze tipos diferentes de pratos, como nhoques, lasanhas, risotos, canelones, rondelles e espaguete.

O local oferece também diversas opções de sobremesas, dentre elas: pudins, profiteroles e saladas de frutas.

Petiscaria do Victor

Para aqueles que preferem refeições com frutos do mar ou porções, a Petiscaria do Victor é o lugar ideal.

Lá você encontra opções de pratos “a la carte” com frutos do mar, além de porções de batatas fritas, espetinhos, casquinhas de siri e mandioca.

Um dos carros-chefe do restaurante é o Linguado Grelhado, que faz sucesso ao lado do Prato da Colônia (feito com Dourado) e o Crosta Negra (prato com peixe, broa preta e risoto de camarão).

Prós e contras de Santa Felicidade

Prós

  • Fácil acesso: o bairro fica a aproximadamente 7 km do centro de Curitiba, com diversas opções de transportes públicos ao local;
  • Tranquilidade: o bairro é tipicamente familiar, transpirando paz e calma a quem visita. Ótimo para quem procura fugir um pouco da agitação dos grandes centros urbanos;
  • Ótima Gastronomia: um dos principais atrativos do bairro são os restaurantes e cantinas que oferecem pratos típicos italianos da melhor qualidade e são referência na capital paranaense.

Contras

  • Calmo demais: para quem procura agitação e badalação, é melhor procurar outra região de Curitiba. Santa Felicidade é basicamente um bairro familiar, onde você vai à procura de tranquilidade e a fim de passar um dia agradável com sua família e amigos;
  • Restaurantes Típicos: caso você não aprecie a culinária italiana, você vai se decepcionar quando procurar algum lugar para sua refeição no bairro. Como já dissemos, o forte da região são pratos típicos da Itália. Se você não apreciar esse tipo de refeição, pode acabar de estômago vazio.

Vale a pena visitar Santa Felicidade?

Se você procura passar um dia em um local tranquilo em Curitiba, apreciando a história, cultura, tradição e gastronomia da Itália, aliado a um local que traz o interior para dentro da cidade grande, você com certeza irá curtir muito a visita à Santa Felicidade.

E aí, gostou desse artigo? Você pode encontrar mais informações sobre Curitiba aqui!

Boa leitura e aproveite as informações!

Você também pode gostar...

Guia completo, atualizado e 100% gratuito para

Curitiba