Pontos Turísticos de Campos do Jordão: As 15 Opções mais Incríveis da Região

Montar um roteiro de viagem de 2 a 3 dias para a Serra da Mantiqueira pode ser suficiente para conhecer os principais pontos turísticos de Campos do Jordão.

Afinal, a “Suíça Brasileira” tem tantos atrativos que, para quem está com o orçamento um pouco apertado, o ideal é ir direto ao ponto, isto é, nos pontos turísticos mais fantásticos e procurados em Campos do Jordão.

Por isso, selecionamos os melhores lugares e passeios para você saber o que fazer em Campos, na região serrana de São Paulo. Vem conosco!

Lista dos principais pontos turísticos de Campos do Jordão

Campos do Jordão é uma atração turística perfeita para os turistas que amam o inverno, a estação da alta temporada na região serrana de São Paulo. E eles não estão errados, não, viu?

O clima alpino e o cenário com linda arquitetura europeia são ideais para quem deseja escapar de cidades quentes o ano todo.

Mas, é claro que você não vai a Campos do Jordão só para sentir o friozinho, não é?

Por lá, há muitas atrações para toda a família, entre parques, montanhas e ótimos restaurantes.

Descubra, então, por onde começar!

1. Portal de entrada, o primeiro ponto turístico de Campos do Jordão

Portal de entrada de Campos de Jordão
Fonte: Raíssa Teixeira (Flickr)

O ponto de partida de sua viagem com destino a Campos do Jordão é no cartão-postal da cidade, o primeiro da nossa lista de pontos turísticos da Serra da Mantiqueira.

O portal da cidade já indica o que você vai encontrar ao atravessar o letreiro de Campos de Jordão: um cenário que parece fantasia, com casas temáticas, parques, complexos montanhosos e vilas inspiradas na antiga Europa.

Lá, muitos viajantes gostam de tirar fotos diante da construção em estilo enxaimel, como se fosse um registro de que você chegou na cidade.

Por isso, não fique com vergonha de parecer o turista que tira foto de tudo, pois muitos deles fazem isso também.

O cartão-postal de Campos do Jordão está localizado na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, Km 46 (via SP 123).

2. Capivari, o centrinho histórico da região

Vila Capivari
Fonte: Vila Capivari (TripAdvisor)

Após atravessar o portal da cidade, nada melhor que começar sua jornada por Campos do Jordão na Vila Capivari, o Centro Turístico da região.

Os prédios construídos têm o estilo europeu fantástico, além da praça e do jardim bem cuidados, que parecem ter saído de um conto de fadas.

Mas não pense que o local é pacato, não. A Vila Capivari é um dos principais pontos turísticos de Campos do Jordão, onde acontecem grandes eventos, como:

  • Festival de Inverno;
  • Réveillon na Concha Acústica;
  • E outras apresentações culturais.

Além disso, tem muitos restaurantes, bares, lojas, passeios (como o Parque da Estrada de Ferro e o caminho do Teleférico que leva ao Morro do Elefante, além é claro, da Praça São Benedito, super agitada). Imperdível!

3. Teleférico e o Morro do Elefante

Teleférico
Fonte: Rodrigo Soldon (Flickr)

Ainda que você possa visitar o Morro do Elefante por estrada, é muito mais fascinante olhar a vista do alto de um teleférico. E essa é mais uma das coisas que você pode fazer em Campos do Jordão.

Saindo de Vila Capivari e pegando o trem na estação Emílio Ribas, você pode pegar o teleférico e admirar a beleza panorâmica no alto dos 1800 metros de altitude da montanha.

É um tipo de passeio que não dá para ignorar, porque você pode ter uma visão incrível da região, através dessa montanha que, curiosamente, tem o formato de um elefante.

4. Pedra do Baú

Pedra do Baú
Fonte: Rodrigo P. C. (Flickr)

Para quem gosta de esporte de aventura, a Pedra do Baú é uma das melhores indicações de passeio.

Trata-se de um mirante bastante visitado em São Bento do Sapucaí, mas que conta com o melhor acesso a partir de Campos do Jordão.

Com 1950 metros de altitude, a formação rochosa que originou o complexo Pedra do Baú, também contempla o Bauzinho (1760 m) e Ana Chata (1670 m).

E, para chegar ao cume da pedra maior, o viajante vai precisar caminhar por mais de 1 hora até alcançar a escada de ferro que leva ao topo.

Além da vista panorâmica do Vale Paraíba e das montanhas da Mantiqueira, o turista amante de esportes, poderá escalar paredões e fazer trilhas entre as araucárias.

É um ótimo lugar para viver novas experiências!

5. Ducha de Prata

Ducha de Prata
Fonte: Eduardo | (Flickr)

Localizada na Vila Inglesa, a Ducha de Prata é uma cachoeira artificial representada por duchas (canais) por onde desemboca a água de um riacho.

Ainda que não sejam cachoeiras de verdade, dá para tomar um belo banho depois de uma caminhada em trilhas.

Ou, se preferir, apenas contemplá-la em diferentes ângulos em cima dos decks.

Além de fácil estacionamento, as visitas são gratuitas, sem contar as lojas de roupas e artesanatos para quem não consegue viajar sem gastar uma graninha extra.

Vale a pena se refrescar na Ducha de Prata, tirar umas fotos e se preparar para a próxima aventura!

6. Horto Florestal

Horto Florestal
Fonte: Useradquem (Flickr)

O Parque Estadual Horto Florestal é um dos melhores pontos turísticos de Campos do Jordão para apreciar a natureza.

Com mais de 8 hectares de área preservada e recoberta pela Mata Atlântica, o parque é perfeito para levar a família toda e ter contato com as belezas naturais.

É possível preparar piquenique nos bosques, fazer trilhas, apreciar lagos, e ainda levar a criançada na biblioteca no meio da floresta.

Depois, se bater a fome, não precisa sair do Horto Florestal, não: o local tem excelente infraestrutura, com restaurantes e até loja de artesanato.

Só tenha atenção aos horários: aberto todos os dias, de 9h às 16h.

7. Museu Felícia Leirner, um dos museus ao ar livre em Campos do Jordão

Museu Felícia Leirner
Fonte: Museu Felícia Leirner (TripAdvisor)

Um dos passeios culturais ao ar livre para fazer em Campos do Jordão é o Museu Felícia Leirner, localizado na rua Dr. Luis Arrobas Martins, 1880, no Alto da Boa Vista.

Com mais de 80 obras da artista expostas em uma área de 35 mil metros quadrados, o trabalho tem reconhecimento internacional e chama atenção dos visitantes.

Assim que você chega ao local, já se depara com algumas obras incríveis espalhadas na entrada. O interessante é que as obras da artista são divididos em cinco fases:

  • Figurativa (1950 a 1958);
  • A caminho da abstração (1958 a 1961);
  • Abstrata (1963 a 1965);
  • Orgânica (1966 a 1970);
  • Recortes na paisagem (1980 a 1982).

A atração acontece nos jardins do Auditório Claudio Santoro, espaço dedicado à Sede do Festival Internacional de Inverno, um dos maiores eventos do ano, com rica programação.

O Auditório comporta 48 camarotes e tem capacidade para mais de 800 pessoas, sendo uma parada obrigatória para quem viaja a Campos do Jordão durante os meses da estação mais fria do ano.

8. Museu Casa da Xilogravura

Museu Casa da Xilogravura
Fonte: MTur Destinos (Flickr)

O acervo com mais de 3 mil xilogravuras atrai turistas de todos os lugares do Brasil e do mundo.

Afinal, quem ama um passeio cultural, não sai de Campos do Jordão sem ver de perto a arte impressa em papel a partir de moldes de madeira.

E é justamente isso que você encontra no interior do Museu Casa da Xilogravura, um espaço fundado ainda no final do século XIX, sendo o primeiro acervo do gênero no país.

Além das gravuras de mais de mil artistas, o museu comporta uma biblioteca, oficinas tipográficas, ateliê, eventos culturais, além de ser sede da Editora Mantiqueira.

9. Cervejaria Baden Baden, um dos pontos turísticos para comer e beber em Campos do Jordão

Restaurante Baden Baden
Fonte: Edgar Petriccione (Flickr)

Se você procurar um lugar onde comer em Campos do Jordão, não vai dá outra: todos os caminhos te levam primeiro à Cervejaria Baden Baden, o point animado da cidade.

Mas é óbvio que você não precisa ser um cervejeiro de carteirinha para apreciar o restaurante e bar Baden Baden, uma vez que ele é justamente o que se propõe: um restaurante também.

Os visitantes se deparam com um cardápio alemão e ambiente muito agradável para se reunir com amigos.

Por outro lado, chama bastante atenção o fato de ser uma choperia especializada em cervejas artesanais – é a primeira do Brasil –, tendo mais de 10 tipos de bebidas (entre chopes e cervejas) produzidas na fábrica.

Inclusive, os clientes podem aproveitar para fazer um tour e conhecer a forma de fabricação e composição, tanto do chopp quanto das cervejas.

10. Parque Amantikir, os jardins mais belos da Serra da Mantiqueira

Parque Amantikar
Fonte: Amantikar (TripAdvisor)

Quem escolhe Campos do Jordão como seu roteiro de viagem não pode deixar de visitar os jardins do Parque Amantikir.

O parque é dividido em setores coloridos do mapa, onde cada uma tem um jardim temático inspirado no paisagismo de alguns países da Europa, América do Norte e Ásia.

O cenário exuberante e privilegiado pela natureza é envolto por mais de 700 espécies de plantas de várias partes do mundo.

Desse modo, é o melhor ponto de encontro para os amantes, estudantes e profissionais do paisagismo e jardinagem.

Além disso, o local ainda tem um labirinto de arbustos, como o Labirinto Clássico e suas paredes que chegam a 2,2 metros de altura!

Isso sem contar o espaço para eventos culturais, aulas e exposições de artes.

Vale muito a pena passar uma tarde no Parque Amantikir, um dos belos pontos turísticos de Campos do Jordão.

11. Boulevard Geneve

Boulevard Geneve
Fonte: TADEU SALES (Flickr)

As vilas medievais da Europa serviram de inspiração para a criação de um trecho muito encantador em Capivari: o Boulevard Geneve.

Toda a arquitetura local foi pensada para trazer os toques europeus de séculos passados, tornando-se um trecho fascinante para casais românticos ou não.

E isso tudo se deve a um empresário que comprou o terreno nos anos 80 com a intenção de levantar uma galeria.

Hoje, o local é um dos pontos turísticos de Campos do Jordão, onde várias pessoas se reúnem para sentir o clima antigo que o espaço proporciona.

12. Festival de Inverno de Campos do Jordão

Festival de Inverno Campos de Jordão
Fonte: Deni Williams (Flickr)

Como já mencionado, o Festival de Inverno da cidade ocorre no Auditório Cláudio Santoro, na mesma área onde, nos jardins, se encontra o Museu Felícia Leirner (Dr. Luís Arrobas Martins, 1880, Alto da Boa Vista).

O evento lançado em 1979 é o maior festival de música clássica da América Latina, e já foi realizado no Palácio Boa Vista.

Como o público aumentou ano após ano, foi necessário transferi-lo para o Auditório, a fim de comportar mais de 800 pessoas.

Então, se você curte shows de música, dança e teatro, procure fazer sua viagem a Campos do Jordão em julho, o mês em que se realiza o festival.

13. Passeio de bondinho e trem: a melhor maneira de conhecer as vilas da cidade

Bondinho
Fonte: Rodrigo Soldon (Flickr)

Bondinho e trem já se tornaram pontos turísticos de Campos do Jordão, porque é uma das atrações obrigatórias para quem for viajar à Serra da Mantiqueira.

Se você se apaixonou pelo toque medieval de Boulevard e por toda Vila Capivari, ou seja, se você ama tudo que conserva a tradição e estilo antigo, certamente vai gostar do passeio em um bondinho de 1910.

A máquina bem conservada leva os turistas pelas vilas de Capivari, Jaguaribe e também a Vila Abernéssia, até chegar à Parada São Cristóvão.

Além disso, se preferir, você pode fazer o trajeto de trem até Santo Antônio do Pinhal.

Independente da sua escolha, esse é um daqueles passeios que você precisa fazer em Campos do Jordão.

14. Mosteiro Beneditino de São João

Mosteiro Beneditino de São João
Fonte: DehCz (TripAdvisor)

Não importa se você tem alguma religião ou não, o Mosteiro de São João, onde residem as monjas beneditinas, é um dos pontos turísticos de Campos do Jordão.

A morada das monjas é um lugar de meditação, mas também um espaço para venda de artesanatos, pirogravuras, grutas, lagos, e iguarias produzidas pelas moradoras.

Uma atração bastante procurada à tarde é a leitura do Recital de Canto Gregoriano na capela do mosteiro. Depois de prestigiar o canto das irmãs beneditinas, não deixe de admirar os belos jardins.

O Mosteiro fica a caminho do Palácio Boa Vista, na avenida Dr. Adhemar de Barros, 330, na Vila Abernéssia.

15. Parque da Floresta Encantada

Parque da Floresta Encantada
Fonte: May Machado (Flickr)

Esse passeio é perfeito para crianças – e para crianças adultas também! A magia das histórias infantis está toda envolta de mata no Parque da Floresta Encantada.

O terreno tem brinquedos temáticos que vão fazer a alegria da criançada, tais como:

  • Casa das Bonecas;
  • Casa do Papai Noel;
  • Da Branca de Neve;
  • Dos Gnomos;
  • Do Fantasma;
  • Das Bruxas;
  • Entre outros.

Inclusive, a Casa do Papai Noel se torna ainda mais mágica durante a temporada de Natal. Muito provavelmente você não vai resistir em conferir essa magia tanto no inverno quanto no verão, certo?

Pois bem, o parque fica a caminho do Pico do Itapeva, passando pela Ducha de Prata.

Dá para aproveitar bastante, porque a atração se mantém aberta das 9h30 às 17h.

Outros lugares para conhecer em Campos do Jordão, São Paulo

Borboletário Flores que Voam
Fonte: Flora M (TripAdvisor)

Certamente, tem muitos lugares que podem ser verdadeiros pontos turísticos de Campos do Jordão, como o Borboletário Flores que Voam, o Parque Tarundu, a Vista Chinesa, o Palácio da Boa Vista (e sua coleção de arte sacra) e a Fábrica de Chocolate Araucária.

Há também cidades próximas a Campos do Jordão que, inclusive, algumas foram citadas neste post: São Bento do Sapucaí, Santo Antônio do Pinhal e São José dos Campos.

Mas esses 15 pontos turísticos de Campos do Jordão são os principais para você conhecer em um roteiro de viagem de 3 dias… quem sabe mais?

Mesmo assim, caso você ainda tenha dúvidas se a região da Mantiqueira é o seu próximo destino, antes de reservar suas passagens aéreas, saiba mais sobre Campos do Jordão aqui, no Viagem Club!

Posts Relacionados

Perguntas frequentes

Quais os pontos mais visitados em Campos do Jordão?

Vila Capivari, Morro do Elefante, Pedra do Baú, Horto Florestal, Baden Baden e Museu da Felícia Leirner estão na lista das atrações mais visitadas em Campos do Jordão.