Carregando...

Porto Seguro em Junho: 5 Dicas de Atrações para Curtir no Mês

Já pensou em curtir uma praia em pleno inverno? Pode parecer loucura, mas isso é possível em Porto Seguro em junho!

Anúncios

Por isso, no artigo de hoje você vai conhecer 5 atrações para curtir o mês em uma das cidades com as praias mais lindas do Brasil.

Anúncios



Antes de continuar a leitura... fizemos uma seleção com os principais passeios da região para você conferir. Veja agora (clique para ler os detalhes):

CARACTERÍSTICAPASSEIO
Praia do Rio Verde
  • Trilha com muita vegetação, além de uma faixa de areia com caráter ecológico
  • Mas pra quem ama surfar, as águas do mar ficam mais agitadas em certas épocas do ano
Ver Passeio →
Praia dos Coqueiros
  • Uma das maiores praias da região, com ótima infraestrutura
  • O passeio de banana boat, além de super divertido, ajuda a conhecer as águas cristalinas da região
Ver Passeio →
Praia da Pitinga
  • Considerada uma das praias mais bonitas do litoral baiano
  • Na maré baixa se formam piscinas naturais, ideais para banhos
Ver Passeio →
Praia do Parracho
  • Várias barracas famosas que complementam a curtição do local
  • Aproveite para praticar esportes radicais na água, ou jogar futevôlei na areia
Ver Passeio →
Borboletário de Porto Seguro
  • Centenas de borboletas de várias espécias, espalhadas por 3 estufas
  • Você ainda pode acompanhar os 4 estágios da vida de uma borboleta: ovo - larva - casulo - borboleta
Ver Passeio →
Passarela do Álcool
  • São vários restaurantes, bares, cafeterias e drinks de todos os tipos
  • Passeio noturno obrigatório para todos os que visitam Porto Seguro
Ver Passeio →



Como aproveitar Porto Seguro em junho da melhor maneira possível?

Para quem não mora no litoral ou em locais muito quentes, o clima de Porto Seguro em junho é bom.

Em média, as temperaturas na cidade variam entre 20°C e 25°C, e a água do mar fica em torno de 26°C. Contudo, a temperatura pode cair a noite por causa da brisa do mar. Nada que uma blusa de frio leve não resolva.

Por outro lado, o mês de junho em Porto Seguro é um dos que têm a menor chance de chuva no ano, com precipitação média abaixo dos 100 mm.

Entretanto, apesar das temperaturas mais baixas, é possível que a cidade esteja um pouco cheia no mês de junho devido às férias escolares.

Mesmo assim, esse é um bom mês para conhecer Porto Seguro. Confira algumas atrações para aproveitar sua viagem!

1. Centro Histórico de Porto Seguro

Centro Histórico de Porto Seguro
Fonte: Lázaro Roberto de Menezes (Flickr)

A cidade litorânea de Porto Seguro foi onde os portugueses desembarcaram em 1500.

Apesar de grande parte das construções daquela época terem se perdido, alguns patrimônios permanecem lá até hoje na pequena vila conhecida como Centro Histórico de Porto Seguro.

Esse ponto turístico está localizado na parte mais alta da cidade.

Lá você encontra 48 casas do período colonial, duas igrejas, um farol, um museu, o marco do descobrimento e as ruínas de uma escola. É um local pequeno, mas cheio de história!

No farol de Porto Seguro, por exemplo, você tem uma das vistas mais bonitas da cidade.

Já no museu do Centro Histórico, onde funcionava a principal cadeia da cidade, você verá vários artefatos antigos e as celas onde ficavam os prisioneiros.

Além disso, no Centro Histórico de Porto Seguro também há uma feira de artesanato, onde você pode comprar peças fabricadas pelos índios locais.

Sem dúvida, esse é um passeio para quem gosta de conhecer novas culturas!

2. Reserva Indígena do Porto do Boi

A Reserva Indígena do Porto Boi é uma pequena comunidade de índios da etnia Pataxó localizada 6 km rio adentro no distrito de Caraíva.

O objetivo da reserva é restabelecer, sustentar e promover a cultura da tribo Pataxó do Porto Boi.

Veja algumas atividades que você pode realizar no Centro Cultural da comunidade:

  • Introdução da floresta: com uma caminhada curta na floresta você vai conhecer as árvores e plantas locais e como elas são usadas como medicamentos ou ferramentas na cultura Pataxó;
  • Comida típica: degustação de pratos típicos dos índios Pataxó, como peixe na folha de Patioba;
  • Aplicação de rapé: a medicina ancestral de cura chamada rapé, segundo a tradição Pataxó, limpa o corpo, a mente e o espírito, nos conectando com a nossa essência;
  • Pintura corporal: as pinturas corporais são uma tradição indígena para se preparar para encontros importantes e rituais. Elas são feitas com produtos naturais, como argilas, urucum e jenipapo;
  • Awê: o ritual indígena composto por cantos e danças tem como objetivo agradecer às entidades e pedir suas bênçãos. Os cantos do Awê misturam o Patxohã e português.

Sem dúvida, visitar a Reserva Indígena do Porto Boi será uma experiência única!

3. Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal

Parque Nacional do Monte Pascoal
Fonte: Brazil Adventure International (Flickr)

Porto Seguro é repleto de Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN).

Uma delas que está aberta ao público é o Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal. Ele está localizado no sul de Porto Seguro, na divisa com o município de Prado.

Esse parque nacional é o único de Porto Seguro que possui o termo “histórico” em seu nome. Isso acontece porque ele tem como objetivo proteger o Monte Pascoal, o marco histórico do descobrimento do Brasil.

Ele também é uma unidade importante de conservação da Mata Atlântica e outros ecossistemas, como o mangue.

Além disso, vários animais ameaçados de extinção podem ser encontrados nos mais de 22 mil hectares do Parque Nacional, como a preguiça de coleira, o ouriço preto, o guariba, a onça e a suçuarana.

Também já foram catalogadas 176 espécies de aves dentro do parque, entre elas está o gavião pega macaco, o gavião penacho e o falconiforme.

No Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal há várias trilhas que levam até o topo do monte.

Mas você também pode praticar outras atividades, como canoagem, degustação, passeio de barco, observação da natureza e participar de manifestações indígenas.

De fato, esse é um ótimo passeio para fazer em Porto Seguro em junho se você achar que está frio para ir à praia.

4. Santo André

Vila de Santo André
Fonte: Diego Teschi (Flickr)

Santo André é um pequeno povoado de apenas 800 habitantes localizado na cidade de Santa Cruz Cabrália, a 36 km de distância de Porto Seguro. Se você busca tranquilidade, esse é o passeio certo para você!

A vila de Santo André possui aproximadamente 13 km de praias desertas e bem preservadas.

Como não há muitas lojas por lá, as principais atrações são a Ponta de Santo André, onde o Rio João Tiba encontra o mar, e a pesca oceânica de marlim azul.

Na verdade, Santo André é considerado o melhor lugar do mundo para a pesca dessa espécie de peixe.

A região é pequena e bastante rústica, mas é um dos lugares mais lindos que você irá visitar em Porto Seguro em junho!

5. Praia de Curuípe

Praia do Curuípe
Fonte: Marcelino Dias (Flickr)

Se você não está disposto a ir tão longe para descansar, outra boa opção de praia tranquila é a Praia de Curuípe, que fica a 3 km do centro de Porto Seguro.

Assim como a maioria das praias do litoral baiano, a Praia de Curuípe possui recifes. Por isso, o mar é tranquilo e, quando a maré baixa, surgem várias piscinas naturais.

Contudo, se estiver com crianças, prefira ficar mais perto do fim da praia, pois lá o mar é ainda mais tranquilo.

A Praia do Curuípe é cercada por vegetação da Mata Atlântica e possui uma falésia branca; o que torna a paisagem ainda mais impressionante!

Agora que você já sabe o que fazer em Porto Seguro em junho, continue acompanhando o Viagem Club para ficar por dentro das melhores dicas de viagem.

Você também pode gostar...

Guia completo, atualizado e 100% gratuito para

Porto Seguro