Carregando...

Salvador em Novembro: 4 Dicas de Atrações para Curtir no Mês

Vai viajar para Salvador em novembro e precisa das melhores dicas? Pois aqui é o lugar perfeito para saber tudo sobre o assunto!

Anúncios

Embora Salvador seja conhecida pelas praias e pelas festas de Carnaval o ano inteiro, a cidade também tem uma grande variedade de atrações, como festivais culturais e gastronômicos.

Anúncios

Em novembro, por exemplo, a capital baiana recebe grandes festas de gastronomia, de literatura e cultura negra.

Está pensando em viajar para Salvador em novembro? Então, confira algumas dicas do que fazer!




Antes de continuar a leitura... fizemos uma seleção com os principais passeios da região para você conferir. Veja agora (clique para ler os detalhes):

CARACTERÍSTICAPASSEIO
Praia de Itapuã
  • Lugar que serviu de inspiração para a música de Toquinho, com letra de Vinicius de Morais
  • O Farol da Praia de Itapuã é o mais belo cartão postal de Salvador
Ver Passeio →
Praia do Porto da Barra
  • Porto da Barra já foi eleito pelo The Guardian como a terceira melhor praia do mundo
  • Excelente opção de praia urbana, tranquila até nos fins de semana
Ver Passeio →
Zoológico de Salvador
  • Conta com espécies raras e ameaçadas de extinção
  • Mais de 700 mil metros quadrados, com cerca de 1500 animais
Ver Passeio →
Pituba
  • Município de maior variedade comercial de Salvador
  • São várias as atrações, desde Centro Histórico, praias e o Mercado Modelo
Ver Passeio →
Rio Vermelho
  • Um dos bairros mais movimentados da Bahia
  • Famoso por ser um excelente ponto gastronômico
Ver Passeio →
Praia das Neves
  • Melhor lugar de todos para apreciar o mar e pegar aquele bronzeado
  • Lugar ideal para quem gosta de tirar fotos maravilhosas
Ver Passeio →



Como aproveitar Salvador em novembro da melhor maneira possível?

O clima de Salvador em novembro é ótimo para quem quer curtir as praias do litoral baiano.

Em média, as temperaturas variam entre 24 °C e 30 °C e chove pouco (cerca de 110 mm e apenas 6 dias de chuva). Ou seja, o clima já é de verão, mas a cidade ainda está com pouco movimento de turistas.

No mês de novembro, a cidade de Salvador está se preparando para o início da temporada de festas, que vai do mês de dezembro até metade do mês de março.

Por isso, se você quer conhecer Salvador, mas não se interessa pelos eventos de Carnaval, novembro é um ótimo mês para ir à capital baiana e conhecer mais sobre a gastronomia e a cultura local.

Confira a seguir algumas dicas de atrações para curtir durante a viagem!

1. Afropunk Bahia

Afropunk Bahia
Fonte: Nelson Oliveira (Flickr)

O Afropunk é um dos maiores festivais de cultura negra do mundo. Ele foi criado em Nova York em 2005 e já foi realizado todos os anos em diversas cidades ao redor do mundo, como Londres, Paris, Atlanta e Joanesburgo.

No Brasil, o Afropunk começou no ano de 2020, mais precisamente no mês de novembro. Embora seja um festival relativamente novo, ele já contou com a participação de grandes nomes da música nacional, como Mano Brown, Duquesa, Tássia Reis, entre outros.

O festival Afropunk tem como objetivo celebrar e promover a genialidade da cultura africana e dos seus descendentes no Brasil, relembrando seu legado cultural a partir da cidade que possui a maior comunidade negra do continente africano, ou seja, a nossa amada Salvador.

Além das apresentações artísticas de música e moda, o Afropunk também tem um forte compromisso com a representatividade e o ativismo.

Por exemplo, no ambiente do festival há várias frases e mensagens contra homofobia, racismo, gordofobia, sexismo e transfobia.

Além disso, também há frases de líderes negros, como Malcom X e James Baldwin.

Sem dúvida, vale a pena participar do Afropunk em Salvador em novembro, um grande evento contra o ódio de todos os tipos e a favor do respeito mútuo.

2. Festival Tempero no Forte

Festival Tempero no Forte
Fonte: Ruy Barbosa | DeVry (Flickr)

O Festival Tempero no Forte acontece todos os anos em Salvador em novembro, há mais de 15 anos.

Realizado no vilarejo da Praia do Forte, o evento homenageia a cultura e a gastronomia baiana por meio do artesanato, da música, da culinária e da moda.

Com um tema diferente a cada ano, o Festival Tempero no Forte conta com a presença de artistas e chefs de todo o Brasil, criando um espetáculo de sabores, repleto de atrações incríveis.

Por causa da sua popularidade, nos últimos anos, o evento se expandiu.

Agora, mais de trinta pousadas e restaurantes de outras partes da Costa dos Coqueiros participam do festival e elaboram pratos exclusivos para os dias do evento.

Além da gastronomia, uma das grandes marcas registradas do Tempero no Forte é a música instrumental.

Artistas renomados de jazz, rock, blues, música clássica e música instrumental nacional e internacional se apresentam no festival gratuitamente.

Então, não deixe de incluir o Festival Tempero no Forte no seu roteiro de viagem para Salvador em novembro.

3. Flipelô (Festa Literária Internacional do Pelourinho)

Flipelô
Fonte: Governo do Estado da Bahia (Flickr)

A Festa Literária Internacional do Pelourinho, mais conhecida como Flipelô, é realizada pela Fundação Casa de Jorge Amado e pelo SESC.

Além de enaltecer, promover e movimentar a literatura, o evento também é um importante impulsionador do comércio local.

A programação do Flipelô inclui mais de cem atividades, como apresentações de música, teatro, artesanato e gastronomia.

Contudo, a parte mais importante da festa são as mesas de debate, os bate-papos com o público, os saraus e as apresentações de livros novos.

Ao todo, são mais de 123 espaços do Centro Histórico que são ocupados pelas atividades do evento.

Por exemplo, a Rota Gastronômica conta a participação de cerca de trinta restaurantes e bares do Centro Histórico que oferecem uma programação culinária exclusiva, além das oficinas gastronômicas promovidas pelo SESC.

Por outro lado, a Rota das Artes é composta por dez ateliês de artistas que atuam ou vivem no Centro Histórico de Salvador. Lá nós podemos observar pinturas, esculturas e mosaicos com técnicas diferentes.

Para quem gosta de comida boa, arte e literatura, a Flipelô é parada obrigatória em Salvador em novembro.

4. Vila do Bem

Vila do Bem
Fonte: Bruno Laranjeira (Salvador Bahia)

A Vila do Bem é uma vila de lazer e gastronomia instalada no Terminal Náutico de Salvador, que une música, entretenimento e boa comida.

O evento é realizado pela Oquei Entretenimento, uma das empresas responsáveis pelas maiores e melhores festas da Bahia.

Embora esse não seja um festival exclusivo do mês de novembro, vale a pena reservar um tempo da viagem para conhecer a Vila do Bem.

A estrutura do local onde acontece a Vila do Bem conta com três andares, com ambientes distintos de convivência.

No primeiro andar há um restaurante com vista para a Baía de Todos dos Santos, no segundo andar tem um espaço para shows acústicos e no terraço há um bar (um rooftop) com vista para o mar.

Atualmente, a Vila do Bem funciona de quinta a domingo, sendo:

  • quinta-feira a partir das 18h,
  • sexta-feira das 15h às 03h,
  • sábado e domingo a partir das 12h.

Toda semana há uma programação diferente de atrações. Então, não deixe de conferir!

Sem dúvida, dá para curtir muito a cidade de Salvador em novembro!

Como vimos, a cidade de Salvador em novembro tem excelentes opções de atrações.

Além do tempo bom e das praias incríveis, nesse mês também acontecem festivais que vão tornar sua viagem muito mais divertida.

Gostou das nossas dicas do que fazer em Salvador no mês de novembro?

Então, continue acompanhando o Viagem Club e receba as melhores dicas e conteúdos de turismo!

Você também pode gostar...

Guia completo, atualizado e 100% gratuito para

Salvador