Carregando...

Zoológico de Salvador é Bom? Vale a Pena Visitar?

O Zoológico de Salvador é um local realmente bastante atrativo, de entrada gratuita, localizado no bairro de Ondina, na capital baiana.

Anúncios

Esse é um espaço voltado para a preservação de dezenas de espécies de animais e também de plantas.

Anúncios

Por isso, quem deseja conhecer espécies brasileiras raras e ameaçadas de extinção, bem como espécies que não pertencem ao Brasil, encontra no zoológico um espaço ideal.




Antes de continuar a leitura... fizemos uma seleção com os principais passeios da região para você conferir. Veja agora (clique para ler os detalhes):

CARACTERÍSTICAPASSEIO
Praia de Itapuã
  • Lugar que serviu de inspiração para a música de Toquinho, com letra de Vinicius de Morais
  • O Farol da Praia de Itapuã é o mais belo cartão postal de Salvador
Ver Passeio →
Praia do Porto da Barra
  • Porto da Barra já foi eleito pelo The Guardian como a terceira melhor praia do mundo
  • Excelente opção de praia urbana, tranquila até nos fins de semana
Ver Passeio →
Zoológico de Salvador
  • Conta com espécies raras e ameaçadas de extinção
  • Mais de 700 mil metros quadrados, com cerca de 1500 animais
Ver Passeio →
Pituba
  • Município de maior variedade comercial de Salvador
  • São várias as atrações, desde Centro Histórico, praias e o Mercado Modelo
Ver Passeio →
Rio Vermelho
  • Um dos bairros mais movimentados da Bahia
  • Famoso por ser um excelente ponto gastronômico
Ver Passeio →
Praia das Neves
  • Melhor lugar de todos para apreciar o mar e pegar aquele bronzeado
  • Lugar ideal para quem gosta de tirar fotos maravilhosas
Ver Passeio →



Localização

🚗 Onde fica?

Rua Alto de Ondina – sem número – Ondina – Salvador – Bahia.

📍 Lugares Próximos

  • Praia da Paciência (2,6 km);
  • Palácio de Ondina (550 metros);
  • Praia dos Complexados (700 metros);
  • Praia de Ondina (850 metros);
  • Farol da Barra (3,6 km).

Principais pontos do Zoológico

Zoologico de Salvador
Fonte: Governo do Estado da Bahia (Flickr)

O Zoológico de Salvador está localizado em pleno bairro de Ondina, e é um importante centro de preservação voltado para animais silvestres.

Através desse centro, muitos bichos, que pertencem à fauna brasileira e que atualmente estão ameaçados de extinção, encontram um habitat apropriado.

Além do mais, a entrada é totalmente gratuita, sendo uma experiência interessante e uma das melhores atividades de visitação para as pessoas que estão em Salvador com crianças.

Para se ter uma ideia, ao todo, são mais de 700 mil metros quadrados de área total, com cerca de 1500 animais.

Assim, é possível encontrar girafas, macacos, ursos, cobras, leões, aves, jacarés, onças e muito mais, afinal, são cerca de 160 espécies diferentes.

No Parque Zoobotânico Getúlio Vargas (nome oficial do zoológico), uma das atrações mais raras é justamente a onça pintada preta.

Esse é um exemplar bastante raro, nascido no próprio parque e que chama bastante a atenção das pessoas.

Período de visitação no Parque Zoobotânico Getúlio Vargas

O período de funcionamento do zoológico é de terça a domingo. No entanto, aos fins de semana é bastante movimentado.

Por isso, realizar um agendamento pode ser uma saída interessante para quem não possui tanto tempo livre.

Afinal, devido à pandemia da Covid 19, o tempo total de uso do espaço está reduzido, bem como a capacidade máxima diária permitida, ou seja, cerca de 300 pessoas.

Cultura, educação e cuidados

Além de toda a conservação em si, o Parque Zoobotânico de Salvador também volta-se para outras questões fundamentais.

Assim, trata-se de uma área de bastante pesquisas científicas e que conta também com programas educacionais.

Outro ponto importante é a presença de um museu natural, onde é possível conhecer melhor a história do zoológico e da vida silvestre.

E a flora também não fica de fora desses cuidados, pois a Mata do Zoo é bastante extensa, ocupando boa parte do zoológico.

Quais são os prós e contras do local?

Zoologico de Salvador
Fonte: Allessandro Canella (Flickr)

Pontos positivos

Gratuidade

Esse é um dos detalhes mais importantes e que torna o zoológico de Salvador um espaço mais atrativo.

Afinal, sendo um local público, conta com a entrada totalmente gratuita. E, como mencionado, abre de terça a domingo.

Quantidade de espécies

Um dos pontos-chave de todo zoológico é justamente a quantidade de espécies que é possível observar.

E esse parque da capital baiana de Salvador oferece uma experiência incrível nesse sentido, equiparando-se a opções de estados como Rio de Janeiro e São Paulo.

Isso dado que, ao todo, são mais de 1500 animais, divididos em quase 160 espécies, como já observamos.

Por isso, quem nunca viu espécies que não pertencem à fauna brasileira, como leões e girafas, encontra no zoológico um ambiente perfeito.

Além do mais, você também pode encontrar muitas espécies nativas do Brasil, como a ameaçada onça-pintada.

Vale lembrar que esse é o maior felino das Américas e que o zoológico possui exemplares raríssimos até mesmo de sua mutação, a onça pintada preta, como vimos.

Pontos negativos

Também devido às próprias restrições da Covid-19, bem como a pontos do próprio espaço, não há a comercialização de lanches no zoológico.

Assim, esse acaba sendo um ponto negativo, uma vez que dificulta a alimentação dos visitantes.

A alternativa, em relação a essa questão, é optar por ambulantes, que ficam fora do zoológico.

Vale ou não a pena conhecer o local?

Zoologico de Salvador
Fonte: Fernando Dall’Acqua (Flickr)

O Zoológico de Salvador é um espaço completo, com muitas espécies de bichos e árvores.

Por isso, quem gosta de interagir com a natureza ou conhecer melhor o mundo animal, encontra nessa parte de Salvador um verdadeiro paraíso.

Nesse sentido, vale muito a pena conhecer o zoológico da cidade e tudo o que ele oferece. Afinal, a entrada é totalmente gratuita. Então, prepare seu roteiro e divirta-se!

Você também pode gostar...

Guia completo, atualizado e 100% gratuito para

Salvador