Carregando...

O que Fazer na Praia do Forte, Bahia? 11 Atrações e Passeios para Conhecer

Se você está em busca de dicas e informações sobre o que fazer na Praia do Forte, Bahia, chegou ao lugar certo!

Anúncios

A Vila de Praia do Forte está entre os destinos mais visitados do nordeste do Brasil. Sua localização fica a cerca de 80km de Salvador, capital do estado da Bahia, no sentido de quem vai para Sergipe. 

Anúncios

Apesar de muita gente considerar a Praia do Forte como uma cidade – uma vez que possui uma infraestrutura bem interessante, com agências bancárias, lojas, restaurantes e outros – a vila é na verdade um distrito do município de Mata de São João, no litoral norte do estado.

A região é formada por diversas praias e oferece passeios dos mais diferentes tipos.

Dentre as inúmeras atrações à disposição, o interesse mais comum de quem visita a Praia do Forte é aproveitar a beleza natural deste cenário que conta com parte importante da Mata Atlântica.

Além de belas praias – são seis ao longo de 14 quilômetros de costa – e da importância histórica da região, a Praia do Forte fica próxima à reserva ecológica da Sapiranga.

Assim, é formada por uma área que conta com cerca de 500 hectares de Mata Atlântica.

O turista que explorar essa região da Bahia verá a predominância de coqueirais, o que explica, aliás, outra maneira como a área da Praia do Forte é conhecida: Costa dos Coqueiros.




Antes de continuar a leitura... fizemos uma seleção com os principais passeios da região para você conferir. Veja agora (clique para ler os detalhes):

CARACTERÍSTICAPASSEIO
Praia de Itapuã
  • Lugar que serviu de inspiração para a música de Toquinho, com letra de Vinicius de Morais
  • O Farol da Praia de Itapuã é o mais belo cartão postal de Salvador
Ver Passeio →
Praia do Porto da Barra
  • Porto da Barra já foi eleito pelo The Guardian como a terceira melhor praia do mundo
  • Excelente opção de praia urbana, tranquila até nos fins de semana
Ver Passeio →
Zoológico de Salvador
  • Conta com espécies raras e ameaçadas de extinção
  • Mais de 700 mil metros quadrados, com cerca de 1500 animais
Ver Passeio →
Pituba
  • Município de maior variedade comercial de Salvador
  • São várias as atrações, desde Centro Histórico, praias e o Mercado Modelo
Ver Passeio →
Rio Vermelho
  • Um dos bairros mais movimentados da Bahia
  • Famoso por ser um excelente ponto gastronômico
Ver Passeio →
Praia das Neves
  • Melhor lugar de todos para apreciar o mar e pegar aquele bronzeado
  • Lugar ideal para quem gosta de tirar fotos maravilhosas
Ver Passeio →



Área de preservação da natureza

O destino da Praia do Forte também é reconhecido pela preocupação com a preservação ambiental.

A Praia do Forte é um dos poucos destinos que tem entre seus pontos turísticos várias iniciativas voltadas ao cuidado da flora e da fauna. 

É lá, por exemplo, que fica um importante centro do Projeto Tamar e que, em determinada época do ano, pode-se fazer turismo para observar as baleias jubarte.

Como mostraremos a seguir, entre as dicas de passeios pela Praia do Forte há de tudo: sol, mar, mergulho entre os corais, passeios de barco e caiaque, visita a uma construção medieval e muito mais.

Em suma, de uma coisa você pode ter certeza: lazer é o que não vai faltar.

O que fazer na Praia do Forte na Bahia?

Praia do Forte
Crédito: Antonio Carlos Bohnke (Flickr)

Reunimos a seguir alguns dos principais destinos da Praia do Forte, Bahia. A lista é singela, mas podemos garantir que reúne atrações para todos os gostos. 

E você já sabe: se deixarmos de fora um lugar inesquecível em meio às seis praias que compõem este cantinho do Brasil, basta deixar registrado na nossa caixa de comentários. 

Vamos lá?

1. Vila do Forte

Vila do Forte
Crédito: Antonio Sérgio (Flickr)

A antiga Vila dos Pescadores é o ponto mais completo da sua viagem à Praia do Forte.

Isso porque é na Vila do Forte que tudo acontece. Ali você vai encontrar uma variedade de hotéis, pousadas, lojas, bares e restaurantes.

A vida noturna da região também acontece nesta porção da vila. As atrações incluem boa música, opções para degustar a culinária local, cozinha internacional e todo tipo de lazer. 

Além de oferecer ótima infraestrutura, o local encanta pelo charme. A principal rua é a Alameda do Sol, que fica fechada para o acesso de veículos. 

2. Projeto Tamar

Projeto Tamar
Crédito: Hashtag Acampados (Flickr)

Uma coisa é certa: não dá para ir à Praia do Forte e não visitar o Projeto Tamar.

Você provavelmente já ouviu falar no projeto, mas não custa explicar: trata-se de uma iniciativa que surgiu há cerca de quatro décadas e que visa ajudar na preservação de espécies em extinção, como era o caso em 1980 das tartarugas-marinhas.

De fato, o nome do projeto, aliás, vem das iniciais dessas duas palavras.

Essa iniciativa está presente em diversos lugares do Brasil, mas é na Bahia que fica a unidade que deu início ao projeto e que atualmente é a mais visitada.

Por lá passam cerca de 600 mil pessoas todos os anos.

O Centro de Visitantes da Fundação Projeto Tamar da Praia do Forte existe desde 1982 e ocupa uma área de dez mil metros quadrados.

No espaço, cedido pela Marinha, chamam a atenção as belezas naturais, a biodiversidade e, como não poderia deixar de ser, a riqueza histórica e cultural.

Por causa de tudo isso, o local recebe turistas de todo o Brasil e do exterior, além de pesquisadores e estudantes.

Este realmente é um passeio que vale muito a pena, por tudo o que ele envolve.

Mesmo com a pandemia, o Projeto Tamar não deixou de receber visitantes. Os ingressos para acessar a área custam R$ 32, mas estudantes, idosos e pessoas com deficiência pagam meia. Há ainda um passaporte família, que dá acesso a dois adultos e duas crianças, por R$ 88.

3. Praia do Porto de Baixo ou Praia do Tivoli

Praia do Tivoli
Crédito: Marcio Nel Cimatti (Flickr)

Mar calmo, muita tranquilidade e a sensação de ter se chegado ao máximo do que se chama de qualidade de vida: isso você encontrará na Praia do Porto de Baixo – ou, como os moradores da Praia do Forte costumam chamar, na Praia Tivoli.

A praia em si não tem muita infraestrutura, mas você pode se deliciar com os quitutes oferecidos pelos ambulantes. O peixe assado, por exemplo, é imperdível.

É nessa parte da vila que fica o Tivoli Ecoresort, uma ótima opção de hospedagem.

Dessa forma, o lugar oferece diversas opções de lazer, com sete piscinas, academia e quadra de tênis, além de um caprichado café da manhã e diferentes opções para jantar.

4. Praia do Lord

Praia do Lord
Crédito: marina lobo (Flickr)

Se você curte as belezas da vida marinha, está a fim de um mergulho e de muita paz e tranquilidade, um destino certo para quem vai passar uns dias na Praia do Forte é a Praia do Lord.

Suas piscinas naturais são uma ótima pedida para quem quer observar a vida marinha com snorkel.

Se você estiver visitando a Igreja da Praia do Forte ou o Projeto Tamar, chegar à Praia do Lord é facílimo!

Você irá caminhar por cerca de dez minutos à beira-mar, curtindo a brisa, a paisagem e a tranquilidade.

Além dos mergulhos, lá você poderá alugar uma cadeira e um guarda-sol para aproveitar o lugar com o tempo e a comodidade que quiser. 

A Praia do Lord não tem opções de restaurantes, mas é possível matar a fome com comidas típicas da Bahia, como acarajé e queijo coalho, com vendedores locais.

Eles também oferecem caipirinhas e água de coco. 

Quer lugar com mais paz e tranquilidade do que estas piscinas naturais?

Se você decidir ir até lá, informe-se com moradores da vila ou onde estiver hospedado para se certificar de não ser um momento de maré alta – espere pelo período do dia em que ela estiver baixa.

Outra opção é pegar um táxi – ou, no caso, uma bicitaxi. Temos certeza que você irá curtir o trajeto sentindo o ventinho batendo no rosto…

5. Castelo Garcia D’Ávila: um ótimo local para visita na Praia do Forte, Bahia

Castelo Garcia D'Ávila
Crédito: Osvaldo Pontes (Flickr)

Quem vai à Praia do Forte não pode deixar de visitar as ruínas da Casa da Torre de Garcia D’Ávila.

Isso porque o castelo é nada mais, nada menos, que um dos principais monumentos do patrimônio histórico e cultural brasileiro.

O Castelo começou a ser erguido em 1551, dois anos após a chegada dele à Bahia – Garcia D’Ávila havia sido nomeado almoxarife da Coroa Real pelo governador geral Thomé de Souza.

O castelo é considerado a primeira grande edificação portuguesa no Brasil.

Por quase 300 anos/ a construção serviu para a defesa das terras do país, mas foi abandonada em 1835.

6. Tombado pelo IPHAN

Parque Histórico Cultural
Crédito: Egberto Araújo (Flickr)

Cerca de um século depois, em 1937, foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Instalado no alto da Colina de Tatuapara, o Castelo Garcia D’Ávila é a única construção das Américas com características medievais.

As ruínas integram o Parque Histórico e Cultural. Além do castelo, fazem parte o Sítio Arqueológico e a área do entorno.

A visitação do público está aberta de quarta a domingo, além dos feriados.

Mais do que visitar a construção histórica, você terá acesso à toda a história através de recursos de tecnologia digital.

Os ingressos custam R$ 30, mas se você for em grupos o valor é de R$ 20. Há ainda meia-entrada para menores, idosos e portadores de necessidades especiais. Moradores do município de Mata de São João não pagam.

7. Praia Central

Praia do Porto de Cima
Crédito: Thales Moura (Flickr)

A Praia Central ou Praia do Porto de Cima fica bem em frente a outra construção muito visitada da Praia do Forte / Bahia: a Igreja de São Francisco de Assis.

A igreja é um dos principais cartões postais da vila. 

Essa é uma das poucas praias que não são uma boa opção para banha, mas que vale a pena a visita para quem quer descansar, contemplar o mar, beber uma cervejinha e comer algum petisco oferecido pelos ambulantes.

Trata-se de um passeio gratuito e que rende ótimas fotos graças ao cenário bucólico: a igreja fica em frente ao porto onde pescadores locais deixam seus barcos ancorados. 

Área simples e, ao mesmo tempo, encantadora. 

8. Praia Papa Gente

Praia Papa Gente
Crédito: Vinicius Portelinha (Flickr)

Que tal levar os filhos para aproveitar ao máximo a beleza dos corais e ainda se refrescar ao nas piscinas naturais da Praia do Forte?

Pois temos o lugar ideal para isso: a Praia Papa Gente.

O local conta com recifes de até três metros de profundidade – chegam a sete em alto mar.

Inúmeras espécies marinhas vivem por lá, e certamente os peixinhos coloridos, siris, caramujos, polvos e tartarugas-marinhas irão encantar a criançada – e por que não você também?

Você e sua família poderão aproveitar todo esse encanto alugando máscaras e snorkel para um leve mergulho. 

Ah, e se tiver um, leve seus crocs!

Eles são perfeitos para caminhar entre os corais sem nenhum risco. Se não for adepto ao calçado, não tem problema: você pode alugá-los só para o passeio.

Além disso, como dissemos, essa parte da Praia do Forte é ótima para você se refrescar.

Então, vá até o lado onde não há os corais e você encontrará águas muito calmas e cristalinas. O espaço é perfeito para crianças pequenas e até para os bebês.

Quer algo mais familiar do que isso?

9. Lagoa Timeantube

Lagoa Timeantube
Crédito: Luiz Antonio Dourado Gonçalves (Flickr)

O ecoturismo é muito apreciado para quem procura a Praia do Forte Bahia, e duas ótimas opções para quem está atrás de destinos naturais são a Ilha e a Lagoa de nome Timeantube.

O lugar é circundado pelas águas do rio Açu, o que permite passeios de barco e caíque. O uso de canoas com três lugares é bastante comum para se visitar a Ilha Timeantube.

Se você for em um grupo com até seis pessoas, uma opção para aproveitar ao máximo o roteiro é alugar um barco e contar com a presença de um biólogo, que ajudará você a conhecer a flora e a fauna da região.

Isso porque o passeio passa por um trajeto em meio a árvores e plantas até a Ilha dos Macacos.

Lá, uma caminhada complementa a experiência. A experiência também conta com passeio pela Ilha do Dendê.

Nessa região, os biólogos já identificaram e catalogaram mais de 250 aves, entre beija-flores, pica-paus, papagaios do mangue, bem-te-vi, coruja, jaçanã e martim-pescador, entre outros.

Tudo isso é possível de se fazer em poucas e promissoras horas. E pode ter certeza: será uma das experiências mais enriquecedoras que você terá na Praia do Forte.

10. Reserva de Sapiranga

Reserva de Sapiranga
Crédito: Luuly (Flickr)

A Reserva de Sapiranga fica a cerca de seis quilômetros da Vila da Praia do Forte.

Como dissemos, trata-se de uma área com cerca de 500 hectares de Mata Atlântica, reunindo espécimes importantes da flora e da fauna da Bahia.

O cenário é composto por inúmeras trilhas, que podem ser percorridas a pé, de bicicleta, a cavalo ou mesmo de quadriciclo.

A reserva oferece ao turista um mergulho pelo Rio Pojuca, mas quem quiser explorar ao máximo suas possibilidades deve entrar em contato com antecedência para agendar um guia turístico.

11. Instituto Baleia Jubarte

Instituto Baleia Jubarte
Crédito: Gregory Tunesi (Flickr)

Quem vai à Praia do Forte na Bahia entre os meses de julho e novembro terá uma atração a mais – e, como você pode ver por este artigo, atrações são o que não faltam por lá. 

Mas é nesse período que as baleias jubarte aparecem na costa da região, então dá para aproveitar mesmo o período de baixa temporada para curtir muito a Praia do Forte.  

A presença das baleias faz com que muitas operadoras de turismo ofereçam passeios de barco em alto mar para acompanhar a passagem desses mamíferos aquáticos.

Trata-se de uma experiência encantadora, e se você puder aproveitar, não pense duas vezes.

Mas, mesmo que você decida não se aventurar e acompanhar as baleias em alto mar, não deixe de ir ao Centro de Visitantes do Instituto Baleia Jubarte.

Esse centro fica no município Mata de São João, e é um espaço de muito conhecimento e enriquecedor. 

Lá, você vai descobrir tudo sobre esse importante projeto que surgiu no fim da década de 1980, além de conhecer um pouco mais sobre as baleias.

Antes da pandemia, o Instituto chegava a receber 20 mil visitantes por ano. Atualmente, funciona em horário reduzido e com acesso limitado. Portanto, entre em contato antes de visitá-lo – mas não deixe de ir!

A Praia do Forte (Bahia) espera por você!

Gostou de conhecer algumas das maravilhas da Praia do Forte?

Então, compre hoje mesmo suas passagens aéreas, faça sua reserva por e mail ou telefone, escolha seu hotel, desembarque no aeroporto de Salvador, prepare-se para o check in e venha viver esse sonho no litoral norte da Bahia.

Boa viagem!

Qual a melhor época para ir à Praia do Forte?

Marque sua viagem para qualquer época do ano, mas de preferência fuja dos meses de abril e maio, o período mais chuvoso.

De julho a novembro você poderá aproveitar para ver o passeio das baleias jubarte pelo litoral. Entre setembro e novembro, a viagem tende a ser um pouco mais barata.

Onde está localizada a Praia do Forte?

A Praia do Forte fica no litoral do estado da Bahia, a cerca de 80 quilômetros de Salvador para quem vai em direção a Sergipe. Ela fica a cerca de 30 quilômetros da Costa do Sauípe.

Como acessar a Praia do Forte?

Se você for de avião,u00a0 a melhor opção de desembarque é pela cidade de Salvador.

Alugue um carro ou pegue um ônibus da Expresso Linha Verde em direção a Mata de São João, que pode ser acessada via Estrada do Coco.

Outra possibilidade é descer na cidade de Aracaju e seguir para o município. Nesse caso, o percurso a ser enfrentado é de cerca de 200 quilômetros.

Você também pode gostar...

Guia completo, atualizado e 100% gratuito para

Bahia