Roteiro de 4 Dias em Buenos Aires: Como Aproveitar Cada Momento?

Contar com um bom roteiro de 4 dias em Buenos Aires é essencial para você aproveitar cada momento da viagem e ter organização para visitar os pontos turísticos mais interessantes e ir em todos os locais que deseja.

Anúncios

Mas, isso exige conhecimento dos locais para poder planejar.

Anúncios

Por isso, a partir de agora, veja as atrações que você pode incluir no seu roteiro para que ele seja completo e para que não falta nada daquilo que Buenos Aires tem a oferecer de melhor!




Antes de continuar a leitura... fizemos uma seleção com os principais passeios da região para você conferir. Veja agora (clique para ler os detalhes):

CARACTERÍSTICAPASSEIO
Tour La Bombonera
  • Conheça um dos estádios mais visitados do mundo
  • Uma das atrações turísticas mais visitadas de Buenos Aires, indispensável para fãs de futebol
Ver Passeio →
Zoologico de Lujan
  • Conhecido mundialmente pelo contato entre visitantes e animais selvagens
  • Nada de jaulas ou gaiolas, animais (não perigosos) circulam livremente
Ver Passeio →
Teatro Colon
  • Um dos melhores teatros do mundo, devido a sua acústica e valor artístico das construções
  • A visita inlcui acesso ao Foyer, Galeria de Bustos, Salão Dourado e Sala Principal
Ver Passeio →
Madero Tango
  • Shows com música ao vivo e um telão no palco
  • Pacotes exclusivos oferecem, além dos shows, um jantar completo e serviços de transfer nos hotéis e na cidade
Ver Passeio →
Planetário de Buenos Aires
  • Arquitetura imponente, com um prédio de 5 andares semelhante ao planeta Saturno
  • Possui atividades para crianças a partir de 3 anos
Ver Passeio →
Parque De La Costa
  • Além das atrações radicais, o parque também conta com atrações aquáticas
  • Além das atrações radicais para jovens e adultos, o parque também conta com opções específicas para crianças
Ver Passeio →



Aproveitando ao máximo seu roteiro de 4 dias em Buenos Aires

Ter um roteiro durante a viagem a Buenos Aires permite que você se organize de acordo com o tempo disponível e conforme os principais lugares que deseja conhecer.

Sem isso, você corre o risco de deixar escapar atrações incríveis e acabar sem conhecer muito da cultura da cidade.

Com um bom roteiro de 4 dias em Buenos Aires, você vai ter tempo de sobra para poder aproveitar ao máximo e visitar os pontos mais famosos da cidade, aqueles que são referência para todos os turistas, mas também vai poder escolher as atrações que mais se encaixam no seu gosto para deixar o roteiro personalizado e com a sua cara.

Os pontos turísticos de Buenos Aires são bastante diversificados, o que é algo muito positivo para que todas as pessoas saiam satisfeitas na cidade.

Sendo assim, aqui você vai conhecer locais como museus, praças, igrejas, ruas famosas e muitos locais cheios de cultura, arte e arquitetura.

Dia 1

Manhã

visita a casa rosada vale a pena
Fonte: Ted McGrath (Flickr)
Casa Rosada

Na parte da manhã, um dos principais lugares que não podem ficar de fora do seu roteiro de 4 dias em Buenos Aires é a Casa Rosada, também chamada de Casa do Governo. O apelido é dado porque o local abriga a sede do governo.

Ela faz parte da maioria dos roteiros dos viajantes porque tem uma estrutura arquitetônica e histórica muito significativa.

No local, a visita pode ser guiada e você vai ter oportunidade de conhecer as dependências principais da casa, sem precisar pagar nada, apenas agendando a visita com cerca de 15 dias de antecedência.

O endereço é Balcare 50, C1064, CABA, Argentina.

Plaza de Mayo

Além disso, outra opção é uma das praças de maior importância de Buenos Aires, a Plaza de Mayo fica no centro da capital buenairense e serve de ponto de referência para muitos prédios importantes, como a própria Casa Rosada, que fica em frente à praça, e a Catedral Metropolitana.

O local merece estar no roteiro pela representação histórica que tem, sendo um lugar que fala muito sobre a cultura. Inclusive, antigamente a praça abrigava as famosas corridas de touro que eram típicas durante muito tempo na cidade.

Ademais, é uma praça de lembranças e recordações, pois muitas mães que perderam filhos por conta da ditadura militar argentina, se reúnem justamente nesse local e são conhecidas por Madres de Plaza de Mayo.

Tarde

puerto madero
Fonte: Carlos J M Martinez (Flickr)
Puerto Madero

O Puerto Madero é um porto que não está mais em funcionamento, mas que passou por reconstrução e hoje abriga um dos pontos turísticos com estrutura mais sofisticada e moderna de Buenos Aires.

Foque no que Realmente Importa e Deixe Todo Resto Conosco…

Preparamos um guia completo, atualizado e 100% gratuito para você viajar com tranquilidade e não deixar passar nenhum detalhe. mockup bsas
O que você encontrará no nosso Guia Completo de Viagem – BUENOS AIRES:

✅ A época ideal para realizar sua viagem
✅ Os melhores meios de locomoção
✅ Os principais eventos
✅ Passeios imperdíveis
✅ Atrações indispensáveis
✅ Seleção especial com os principais restaurante

Nós já fizemos todo trabalho por você…

Faça o download gratuito do material e planeje a sua viagem com muito mais facilidade e segurança

Lá você vai poder tirar belas fotos do entardecer, com possibilidade de vista do pôr-do-sol, enquanto frequenta os restaurantes do local.

E para facilitar seu roteiro, o porto fica perto da Plaza de Mayo, então essas visitações podem ser incluídas todas em um mesmo dia.

San Telmo

Ainda na parte da tarde, o San Telmo é um importante bairro da cidade e sedia a Feira de San Telmo, que é um local muito conhecido e uma das atrações mais visitadas pelos turistas.

A estimativa é que mais ou menos 20 mil pessoas passam pela feira todo domingo.

A feira funciona com comércios de todos os tipos, de modo que você vai poder encontrar lembranças para levar para casa e vai poder conhecer mais sobre o artesanato e comércio local.

O funcionamento ocorre nos domingos, das 10 às 17h, no endereço 200, Defensa 120, C1065, Buenos Aires.

E a orientação é que a visita seja feita cedo para aproveitar melhor, pois depois das 15h o fluxo costuma ser mais intenso.

Café Tortoni

Outra atração, também nos arredores da Plaza de Mayo, é o Café Tortoni, um café famoso da cidade e que, além de proporcionar sabores intensos, ainda oferece a arquitetura clássica preservada da edificação para você admirar e tirar fotos.

O local também conta com tangos, porém essa não é a atração principal, já que não é essencialmente uma casa de tangos.

O Café Totori costumava ser o ponto de encontro de intelectuais, artistas, pintores e escritores, de modo que também pode inspirar você e vale a pena ser incluído no roteiro.

O horário de funcionamento é entre 8h e 20h, de segunda a sexta, e o endereço é Av. Mayo, 828, C1084, CABA, Argentina.

Noite

Obelisco de Buenos Aires
Fonte: David Berkowitz (Flickr)
Obelisco

Na parte da noite, um local para incluir no roteiro e aproveitar cada momento da viagem é o Obelisco, que é um monumento de 67 metros de altura que foi erguido no cruzamento das duas avenidas mais largas do mundo, a 9 de Julio e a Avenida Corrientes.

O Obelisco de Buenos Aires foi criado no começo do século XX para celebrar o 4º centenário da fundação inicial da cidade.

A projeção foi de um dos arquitetos de maior importância do modernismo argentino, o Alberto Precish e a construção foi um recorde de tempo, sendo terminada em apenas 31 dias.

Tango Porteño

Outra atração para a noite do primeiro dia de viagem é o Tango Porteño, considerada uma escolha mais tradicional quando o assunto é casa de Tango.

Portanto, se você quiser conhecer o tango como originalmente é, essa pode ser a melhor escolha para inserir no seu roteiro.

O valor do ingresso varia conforme a modalidade escolhida, pois você pode adquirir ingresso apenas para show ou para show e jantar.

Dia 2

Manhã

Catedral Metropolitana
Fonte: Luis Armando Oyarzun (Flickr)
Catedral Metropolitana

A Catedral Metropolitana, situada em volta da Plaza de Mayo, tem muito a contribuir na sua viagem, pois a estrutura arquitetônica é muito peculiar e irreverente.

Inclusive, quem olha de longe pode não perceber se tratar de uma catedral, pois a edificação é diferente do padrão.

Ao invés de torres, você encontra pilastras na frente como se fosse uma construção com influência grega.

Ademais, outro ponto interessante é que o Papa Francisco, como é argentino, realizou missas cotidianamente por 20 anos no local.

Em razão disso, existe um museu dedicado ao Papa na Catedral Metropolitana, e é um dos locais de preferência de muitos visitantes.

Junto a isso, o lugar abriga o túmulo do general que teve papel fundamental em libertar parte da América do Sul da dominação espanhola.

Calle Florida

Para quem gosta de fazer compras e poder levar para casa um pouco do local que visita, a Calle Florida é uma ótima escolha para incluir no roteiro de 4 dias em Buenos Aires.

Essa rua é a mais famosa da cidade e abriga muitos cafés e lojas. Sendo assim, vale a pena passar por ela em um dos dias da sua estadia na cidade.

Feira San Telmo, na Calle Caminito

Outra opção é a Feira San Telmo, mais uma atração que chama a atenção. Fica em uma rua de muita tradição na cidade, que é a Calle Caminito.

Nessa rua você encontra de tudo e com uma paisagem arquitetônica muito peculiar. Inclusive, comparam a rua a um museu a céu aberto.

O local fica no bairro La Boca, bairro que abriga o estádio de futebol mais famoso e emblemático de Buenos Aires: La Bombonera.

Tarde

la bombonera tour vale a pena
Fonte: magro_kr (Flickr)
La Bombonera

Como visto acima, quem visita a Calle Caminito, não pode deixar de fora La Bombonera, e vice-versa.

O estádio é a sede do Boca Juniors, um tradicional clube do país e que já foi rival muitas vezes de times brasileiros em grandes campeonatos.

O estádio conta com visitas guiadas para você conhecer a história do clube e também da cidade.

Lá estão diversas obras de artes espalhadas pelo clube, bem como o Museo de La Pásion Boquense, que retrata detalhadamente a vida do Boca Juniors, inclusive com recursos audiovisuais.

Você pode escolher o tipo de visita que deseja conforme as partes que quer conhecer, e o valor costuma ser entre 460 a 850 pesos, o que pode sofrer variação.

Nas visitas você pode conhecer o campo, além de instalações mais privadas como o vestiário, tribuna e sala de imprensa.

Cemitério Recoleta

Partindo para outro bairro está o Cemitério Recoleta, que fica no bairro Recoleta e é praticamente unanimidade entre os turistas.

O local se tornou uma referência de visitação por conta da grande expressividade arquitetônica e histórica que tem.

O cemitério é repleto de grandes mausoléus, estátuas realistas e abóbodas, tudo com estrutura que remete ao século XIX.

E diversos nomes de políticos e intelectuais que tiveram contribuição para a história do país, estão presentes lá.

A visita não tem custo e você pode dispor de um guia para compreender melhor os detalhes que o local esconde. O endereço é Junín 1760, C1113, CABA, Argentina.

Museu Nacional de Belas Artes

Entrando no campo das artes, o Museu Nacional de Belas Artes precisa fazer parte do seu roteiro de 4 dias em Buenos Aires.

Esse museu remonta ao século XIX e reúne obras dos artistas mais reconhecidos da Argentina, inclusive com atração de coleções digitais.

O local é considerado o museu de maior relevância entre todos da América Latina e é responsável por abrigar o maior acerto do país.

Sendo assim, é uma oportunidade de mergulhar na história da arte argentina e conhecer mais sobre esse pedaço da cultura.

O endereço é Del Libertador Av 1473, com funcionamento de quarta a domingo, das 11h às 19h.

Jardim Japonês

O Jardim Japonês também merece um lugar na sua programação, pois é uma oportunidade de ir além da cultura argentina e conhece mais sobre a cultura japonesa. Isso porque ele foi fundado pela Associación Japonesa da Argentina.

Nesse jardim você encontra muito do que encontra no Japão em termos de vegetação, como bonsais, espelhos d’água e carpas.

É uma visita tranquila e que estreita a relação entre visitante e natureza.

O horário de funcionamento é entre 10h e 18h, de segunda a domingo, e a entrada custa em torno de 120 pesos por pessoa.

Noite

Como se Vestir para um Show de Tango
Fonte: Ashley Eckel (Flickr)

Como as atrações de tango são as mais populares e conhecidas em Buenos Aires, você vai encontrar muitas opções de casas especializadas. Sendo assim, vale a pena conhecer mais de uma para presenciar diferentes estilos.

Você pode escolher entre:

  • Tango Porteño: Av. Cerrito 570, Bs. As;
  • Madero Tango VIP: Av. Alicia Moreau de Justo, Av. Brasil, 2150Y, C1107AFP, Buenos Aires;
  • Piazzola Tango: Galería Güemes Florida 165, C1005, CABA Argentina;
  • Señor Tango: Av. Vieytes, 1655, Barracas, CABA.

O Madero Tango VIP é a casa mais famosa de Buenos Aires, sendo a mais procurada e escolhida entre os turistas. O valor também varia, mas normalmente é a partir de R$344,00.

O Piazzola Tango costuma ser visto como uma das casas de tango com estrutura e organização mais moderna da cidade. O valor, para show e jantar, inicia em $56,00, mas existem outras opções conforme você desejar.

Por fim, a casa Señor Tango é onde você vai encontrar uma demonstração de tanto mais em formato de show, o que pode agradar a muitas pessoas, mas não é o estilo mais tradicional possível.

Em termos de preço, o local costuma iniciar os ingressos em R$316,00 por adulto.

Os ingressos de todas as casas podem ser comprados por meio digital, nos sites, bem como a compra pode ocorrer em moeda brasileira, o que torna mais simples do que precisar de câmbio.

Dia 3

Manhã

Puente de La Mujer
Fonte: Philippe HELLOIN (Flickr)
Puente de la Mujer

A Puente de la Mujer é uma ponte situada no Puerto Madera e que é destaque na região, pois é uma ponte giratória que representa a silhueta de um casal em plena dança de tango, uma identidade para Buenos Aires.

A obra é de Santiago Calatrava, um famoso arquiteto de origem espanhola. Aliás, essa ponte foi a primeira criação dele na América Latina. O mecanismo de giro é considerado um dos maiores entre todos no mundo.

O endereço é Puente de la Mujer, C1113, CABA, Argentina.

Plaza San Martín

Além disso, mais uma escolha para visitar é a Plaza San Martín, que fica no centro da cidade e é um dos destinos mais visitados.

A praça conta com extensa área verde e faz limite com a Calle Florida, de modo que você pode visitar as duas no mesmo dia.

O lugar é histórico desde 1942 pelo monumento em homenagem ao General cujo túmulo está na Catedral Metropolitana, o General San Martín, que teve participação essencial no rompimento do domínio da Espanha com o país.

Ainda, a carga histórica do local é maior pelo fato de que lá está um memorial dedicado aos soldados mortos na Guerra das Malvimas.

Endereço: Rua Arenales, Retiro, Buenos Aires.

Biblioteca Nacional

Mais uma atração para entrar em contato com a arquitetura do Século XIX é a Biblioteca Nacional, que foi restaurada na primeira metade do século XX e conta com 7 instalações que abrigam desde a sala de leitura, até o acervo e a audioteca.

Dependendo da disponibilidade do seu roteiro, se não for possível entrar, apenas de visitar o exterior já vale para registro de fotos.

Mas a dica é também conhecer o interior e se surpreender com a arquitetura preservada.

As visitas podem acontecer de segunda a sexta, das 7 às 24h, e das 12h às 19h aos finais de semana.

Tarde

Rio da Prata em Buenos Aires
Fonte: Maysa Fezza (Flickr)
Rio da Prata e Parque Palermo

Como sua estadia comporta várias atrações, o Rio da Prata pode fazer parte do roteiro. Esse rio é o mais importante da Argentina e está entre o Rio Paraná e o Rio Uruguai.

O pôr-do-sol é o ponto alto do local, rendendo muitas fotos e boas recordações a quem visita.

Para aproveitar cada momento da viagem, as atrações ao ar livre devem estar presentes, e o Parque Palermo é uma ótima opção para entrar em contato com vegetações.

O local tem aproximadamente 100 tipos de roseiras e extensa área de arborização.

Além disso, entre as instalações você vai encontrar ponte, lago, pátio, anfiteatro e muito mais, podendo conhecer muitas obras internacionais e nacionais presentes no lugar, como esculturas de bronze, pedra e mármore.

O horário para entrada é das 8h às 17h, no inverno, e no verão é das 8h às 20h.

Noite

centro cultural recoleta
Fonte: JJ SCIALFA (Flickr)
Centro de Cultura Recoleta

No mesmo bairro que uma das atrações anteriores, o Centro de Cultura Recoleta precisa fazer parte do seu itinerário.

O lugar é repleto de manifestações artísticas, conta com espetáculos, atividades itinerantes e exposições.

O prédio que abriga o centro é um antigo convento de padres recoletos e a edificação é de 1732, tendo passado por restauração na segunda metade do século XX para que tivesse a capacidade de estrutura para funcionar o centro cultural.

As visitas acontecem das 13h30 às 20h30 de quinta a sexta, e aos finais de semana e feriados o horário é das 11h30 às 20h30.

Dia 4

Manhã

Museo Evita
Fonte: Ministerio de Cultura de la Nación (Flickr)
Museo Evita

Tome um café da manhã reforçado no hotel e prepare-se para o seu último dia de aventuras na capital da Argentina.

O Museo Evita é um daqueles pontos turísticos que também não podem deixar de aparecer no seu roteiro.

O nome do museu foi dado em homenagem a uma das mulheres de maior influência na Argentina, a Evita Perón.

Além disso, o museu tem atendimento com guias para visitação e dispõe de intérprete de libras, tradução em Braille nas salas e atendimento adequado para visitantes com mobilidade reduzida.

Os guias conduzem as visitas em 3 opções de idiomas, espanhol, português e inglês, e a duração é de cerca de 45 minutos.

O endereço é Lafinur 2988, B1738ECL, CABA, Argentina, e o horário de funcionamento é entre 11h e 18h, de terça a domingo, com realização de prévio agendamento.

Livraria el Ateneo

A Livraria el Ateneo também pode fazer parte da programação da manhã do último dia do seu roteiro.

A arquitetura do local é memorável, sendo datada do começo do século XX. E algo muito interessante é que ela fica localizada no prédio de um teatro que funcionava antigamente, e os ornamentos e estruturas estão preservadas.

O local conta com um café que fica na parte do antigo palco, de modo que você pode fazer uma pausa para o café enquanto encontra alguns livros de seu interesse ou apenas admira a arquitetura do local.

O endereço é na Av. Santa Fe, 1860, C1123, CABA, Argentina, com horário de entrada entre 9h e 22h, de segunda a quinta.

Às sextas e sábados o horário muda para 9h às 00h; e no domingo o funcionamento é entre 12h e 22h.

Tarde

Museo de Arte Latinoamericano
Fonte: Turismo Buenos Aires (Flickr)

Buenos Aires é muito rica em museus e outro que vale muito a pena conhecer é o MALBA, Museo de Arte Latinoamericano.

Ele reúne um extenso acerto, com 400 obras pertencentes à Coleção Constantini, por isso você pode reservar a data toda.

Entre as obras da coleçãoestá Abaporu, a obra mais famosa da brasileira Tarsila de Amaral.

Além disso, o lugar oferece exposições que variam conforme o momento, bem como mantém obras em constante apresentação.

Junto a Tarsila do Amaral, você encontra no MALBA obras de:

  • Frida Kahlo;
  • Diego Rivera;
  • Lygia Clark;
  • Roberta Matta.

Portanto, é uma atração que não pode ficar de fora do seu roteiro de 4 dias em Buenos Aires.

Ainda mais porque o museu oferece padrões internacionais em termos de conservação e exposição, deixando a experiência ainda mais interessante.

O valor de entrada varia conforme o tipo de ingresso, e o horário de funcionamento é de quarta a segunda, das 12h às 20h.

O endereço é Gigreroa Alcorta, Pres. Av. 3415.

Para diversos públicos há desconto, como para estudantes, professores e pessoas portadoras de deficiências.

Noite

Plaza Francia
Fonte: Ted McGrath (Flickr)

Plaza Francia

Como você pode perceber, existem várias praças em Buenos Aires, e a Plaza Francia é mais uma que pode compor seu itinerário.

Ela conta com vários prédios e esculturas ao redor, como o Monumento de Francia a la Argentina, feito por Émile-Edmond Peynot, um famoso escultor francês.

Além disso, na praça acontece uma feira com obras de artes e com souvenirs para comprar e levar de recordação ou presentear amigos e familiares com um pedaço da viagem feita a Buenos Aires.

A feira você pode aproveitar se quiser ir mais cedo, mas a praça é um ótimo local para uma caminhada à noite antes do jantar.

Restaurante Aramburu

Para terminar seu roteiro e aproveitar a noite do último dia em Buenos Aires, um dos Restaurantes mais famosos do Bairro Recoleta é o Aramburu.

É uma opção muito conhecida principalmente pelos frutos do mar que estão bastante presentes no cardápio.

O endereço é Pasaje del Correo, Vicente López 1661, C1103ACY Buenos Aires, Argentina.

Aproveite seu roteiro de 4 dias em Buenos Aires!

Buenos Aires é um lugar incrível e, sem dúvida, quem viaja para lá, nunca mais esquece.

Seguindo as dicas de atrações que trouxemos, você poderá aproveitar cada momento da sua viagem, sabendo o que fazer em Buenos Aires e tendo um roteiro de 4 dias bem completo e variado.

Boa viagem!

Outros roteiros:

Você também pode gostar...

Guia completo, atualizado e 100% gratuito para

Buenos Aires