Carregando...

Dique do Tororó, Salvador: Vale a Pena Ir? Como Aproveitar?

Considerado como um dos principais cartões-postais da cidade de Salvador, Dique do Tororó é um dos locais mais belos da região.

Anúncios

Composto por um panorama arborizado, acompanhado de belas esculturas e uma infinidade de coisas a se fazer, sem dúvida, o local é um dos mais queridos dos turistas e nativos de Salvador.

Anúncios

Afinal, quer saber o que fazer por lá? Então, continue conosco!

Margeado pelas avenidas Vasco da Gama e Presidente Costa e Silva, a lagoa de 110 mil metros cúbicos de água não só encanta pela sua beleza, mas também por sua história.

O dique foi levantado entre o final do século XVII e meados do século XVIII como um monumento defensivo de Salvador e hoje é um patrimônio tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o IPHAN.




Antes de continuar a leitura... fizemos uma seleção com os principais passeios da região para você conferir. Veja agora (clique para ler os detalhes):

CARACTERÍSTICAPASSEIO
Praia de Itapuã
  • Lugar que serviu de inspiração para a música de Toquinho, com letra de Vinicius de Morais
  • O Farol da Praia de Itapuã é o mais belo cartão postal de Salvador
Ver Passeio →
Praia do Porto da Barra
  • Porto da Barra já foi eleito pelo The Guardian como a terceira melhor praia do mundo
  • Excelente opção de praia urbana, tranquila até nos fins de semana
Ver Passeio →
Zoológico de Salvador
  • Conta com espécies raras e ameaçadas de extinção
  • Mais de 700 mil metros quadrados, com cerca de 1500 animais
Ver Passeio →
Pituba
  • Município de maior variedade comercial de Salvador
  • São várias as atrações, desde Centro Histórico, praias e o Mercado Modelo
Ver Passeio →
Rio Vermelho
  • Um dos bairros mais movimentados da Bahia
  • Famoso por ser um excelente ponto gastronômico
Ver Passeio →
Praia das Neves
  • Melhor lugar de todos para apreciar o mar e pegar aquele bronzeado
  • Lugar ideal para quem gosta de tirar fotos maravilhosas
Ver Passeio →



Localização

Onde fica?

O Dique do Tororó  está situado na Avenida Vasco da Gama, 212, Engenho Velho de Brotas, Salvador – BA.

Locais próximos

  • Casa do Rio Vermelho (400 m);
  • Vini Figueira Gastronomia (700 m);
  • Jabu (700 m);
  • Praia do Rio Vermelho (500 m).

As diversas atrações presentes no Dique do Tororó

Dique do Tororó
Fonte: Debbie Ferreira (Flickr)

Esculturas dos Orixás

Complementando a beleza natural do manancial, as estátuas assinadas pelo artista plástico Tati Moreno fazem um grande sucesso entre os turistas.

As esculturas são um dos pontos mais altos do passeio.

As oito estátuas foram erguidas no espelho d’água e representam os orixás do candomblé: Xangô, Ogum, Oxalá, Nanã, Iansã, Iemanjá, Oxum e Oxossi.

Uma das experiências mais incríveis é contemplá-las em um relaxante passeio de pedalinho. E por falar nos pedalinhos…

Passeio de pedalinho pelo Dique do Tororó

Curtir o Dique do Tororó sem fazer um passeio de Pedalinho é um dos maiores erros que você poderia cometer.

Contemplar o belo panorama oferecido pelo local, através de um relaxante passeio de pedalinho, certamente será uma das experiências mais marcantes de sua vida.

É possível se aproximar das estátuas dos orixás, observando as reais dimensões dessa obra de arte.

Contudo, nada é tão gratificante quanto observar o entardecer no local, que fica à sombra da arena Fonte Nova.

Pratique atividades ao ar livre

Além dos pedalinhos, o Dique do Tororó reserva outras diversas atividades para se fazer ao ar livre.

Uma das atividades mais praticadas no local são a caminhada e a corrida, que podem ser realizadas nas pistas disponíveis no local.

Contudo, se você preferir praticar uma atividade mais relaxante, o local também disponibiliza uma área de pesca, onde você poderá curtir ainda mais a energia “zen” do local.

Além da pesca e da corrida, também é possível praticar remo no local, tendo uma área específica já separada pelas raias.

Mas, vale lembrar que todos os equipamentos que o local disponibiliza são pagos, ok?

Dique do Tororó: quais são os pontos positivos e negativos do local?

Dique do Tororó
Fonte: Francisco Vicente (Flickr)

Apesar de render momentos divertidos para os que desejam passar momentos relaxantes ao ar livre, é necessário entender que o local não é perfeito.

E boa parte desses pontos negativos decorre das ações humanas.

Há algum tempo, o Dique do Tororó vem sofrendo com a poluição e a falta de manutenção em alguns pontos do local, o que acaba atrapalhando na hora de curtir algumas atividades.

Entretanto, esses pontos vêm sendo resolvidos com o passar do tempo, mas ainda estão consideravelmente longe de serem resolvidos.

Veredito: o Dique do Tororó vale a pena?

Dique do Tororó
Fonte: Thomas Costa (Flickr)

O cartão-postal de Salvador é um ótimo local para se curtir um momento relaxante ao lado da família e dos amigos.

Sua proximidade com restaurantes, bares e lanchonetes também garantem uma melhor comodidade às pessoas que visitam o ponto turístico.

Contudo, não podemos fazer vista grossa para os problemas relacionados à má manutenção e aos altos níveis de poluição encontrados no espelho d’água do dique.

Entretanto, mesmo com esses pontos mais severos, o Dique do Tororó consegue se manter digno da visita dos turistas e nativos do local, mostrando sua força e adaptabilidade.

Portanto, se havia alguma dúvida com você, esperamos que agora você consiga ver mais claramente, afinal de contas, a única pessoa que pode decidir se o local vale ou não a pena é você.

Para continuar a viagem: Conheça o Parque São Bartolomeu em Salvador.

Você também pode gostar...

Guia completo, atualizado e 100% gratuito para

Salvador