Pontos Turísticos de Salvador: As 17 Opções mais Incríveis da Região

A alegria do soteropolitano aliada à rica cultura local contagia quem visita os pontos turísticos de Salvador, na Bahia. E não é para menos! 

Anúncios

Afinal, a capital baiana é repleta de história, deliciosa gastronomia, lindas praias, e tem um dos melhores carnavais do Brasil, que fazem da cidade um monumento à parte.

Anúncios

Além disso, se você gosta de apreciar a boa comida baiana enquanto desfruta de um belo pôr do sol, o Farol da Barra é um desses lugares, com vista ao Morro do Cristo.

Já para quem ama uma viagem com contexto histórico, Pelourinho é um dos pontos turísticos de Salvador a considerar. 

Afinal, ela está no centro histórico da cidade e é o melhor lugar para mergulhar na história antiga por trás do colorido dos casarões e da alegria desse povo.

Bateu a curiosidade? Então vamos conferir o que fazer em Salvador!




Antes de continuar a leitura... fizemos uma seleção com os principais passeios da região para você conferir. Veja agora (clique para ler os detalhes):

CARACTERÍSTICAPASSEIO
Praia de Itapuã
  • Lugar que serviu de inspiração para a música de Toquinho, com letra de Vinicius de Morais
  • O Farol da Praia de Itapuã é o mais belo cartão postal de Salvador
Ver Passeio →
Praia do Porto da Barra
  • Porto da Barra já foi eleito pelo The Guardian como a terceira melhor praia do mundo
  • Excelente opção de praia urbana, tranquila até nos fins de semana
Ver Passeio →
Zoológico de Salvador
  • Conta com espécies raras e ameaçadas de extinção
  • Mais de 700 mil metros quadrados, com cerca de 1500 animais
Ver Passeio →
Pituba
  • Município de maior variedade comercial de Salvador
  • São várias as atrações, desde Centro Histórico, praias e o Mercado Modelo
Ver Passeio →
Rio Vermelho
  • Um dos bairros mais movimentados da Bahia
  • Famoso por ser um excelente ponto gastronômico
Ver Passeio →
Praia das Neves
  • Melhor lugar de todos para apreciar o mar e pegar aquele bronzeado
  • Lugar ideal para quem gosta de tirar fotos maravilhosas
Ver Passeio →



Melhores pontos turísticos de Salvador: do Farol da Barra ao centro histórico de Salvador

Fazer um roteiro de viagem a Salvador requer tempo e planejamento, afinal, você precisa saber onde comer, o que visitar, e onde se hospedar, concorda?

Por isso, selecionamos alguns destinos especiais e que os turistas não dispensam conhecer. Independente da época em que você for viajar, esses são os pontos turísticos mais visitados pelos turistas. Acompanhe!

1. Pelourinho, Patrimônio da Humanidade e cartão-postal de Salvador

Pelourinho - Salvador
Crédito: Uvanilson Oliveira (Flickr)

Considerado Patrimônio Cultural da Humanidade, o Pelourinho (carinhosamente chamado de Pelô) carrega muita cultura, música, arte e história. 

Outrora um bairro marcado pela punição em praça pública de criminosos e escravos, que eram amarrados nos chamados pelourinhos (coluna ou poste com argolas), durante o período colonial, para o bairro que mais cultiva a arte de Salvador.

As construções históricas do famoso bairro tem monumentos antigos e de arquitetura barroca, que deixam qualquer visitante fascinado.

Ao passar pelas famosas ladeiras do Pelourinho, as igrejas chamam atenção pela beleza datada do século 17 e 18. Algumas delas estão localizadas no Largo Terreiro de Jesus, como a Catedral Basílica e a Igreja São Pedro dos Clérigos.

Além disso, há também lojinhas de artesanato entre o Largo do Pelourinho e Pedro Arcanjo. Dá para comprar muitas lembrancinhas nesse lugar admirável.

2. Farol da Barra

Farol da barra
Créditos: Anderson Rodrigues da Silva (Flickr)

Mais um dos principais pontos turísticos de Salvador, o Farol da Barra  – ou Farol de Santo Antônio – é ponto de encontro de casais apaixonados.

Isso porque, fica muito mais interessante assistir ao pôr do sol com a pessoa amada, estando a uma altura de 22 metros. Lá do alto dá para ver o Morro do Cristo, próximo à Praia da Barra.

Construído no final do século 17 e substituído por um novo farol em 1839, o Farol da Barra, que servia de proteção contra ataques de invasores, passou por diversas mudanças ao longo do tempo.

Em 1937, por exemplo, ganhou sua versão eletrificada. No ano seguinte, o Farol da Barra foi tombado pelo Iphan.

A história conta que o Farol foi erguido após um naufrágio do Navio Sacramento, que matou centenas de pessoas em 1668.

Vale a pena visitar esse monumento histórico e, de quebra, conhecer o Museu Náutico da Bahia, no interior do Farol. É um passeio muito bem-vindo para quem se interessa pela história da navegação no Brasil.

3. Elevador Lacerda: o maior elevador do mundo fica em Salvador

Elevador Lacerda
Créditos: Rui Flavio Alves Barreto (Flickr)

Um ponto turístico que você não pode ignorar em sua visita a Salvador é o Elevador Lacerda. Basicamente, é uma das atrações imperdíveis da cidade.

Sua construção data de 1873, com altura de 72 metros, e é um tipo de transporte público da capital baiana, que conecta a Cidade Baixa à Cidade Alta, e também do Pelourinho ao Mercado Modelo.

Localizado na Praça Tomé de Souza, o Elevador Lacerda divide espaço com o Palácio Rio Branco, onde as visitas podem ser guiadas para melhor conhecer a sede do governo português no Brasil. Porém, quem quiser entrar sozinho também pode.

Uma coisa fascinante para quem pega o Elevador Lacerda é a vista lá do alto, sendo possível contemplar a Baía de Todos os Santos. Definitivamente, não passe por Salvador sem passar por essa experiência.

4. Mercado Modelo

Mercado Modelo
Crédito: Isaque Almeida (Flickr)

Vai às compras? O Mercado Modelo é um dos principais e mais famosos centros comerciais de Salvador, tombado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Histórico Nacional.

São mais de 200 lojas que vendem de tudo: artesanato, comidas e bebidas típicas, e outros produtos da cidade.

E o melhor é que você não tem como se perder lá dentro, já que o local tem suas passagens sinalizadas por plaquinhas e os nomes impressos têm relação com as personalidades da Bahia. Legal, né?

Esse é um ótimo centro comercial.

Há também dois restaurantes no último andar e uma vista esplêndida da Baía de Todos os Santos no terraço do Mercado Modelo.

Já do lado de fora, os turistas podem acompanhar apresentações de capoeira e comprar um berimbau. 

5. Igreja de São Francisco, a igreja e convento de ouro

Igreja de São Francisco
Créditos: ChucoGOL (Flickr)

No Pelourinho, muitas igrejas chamam a atenção por sua arquitetura e detalhes incríveis, mas uma delas é inevitável não admirar: Igreja de São Francisco, dedicada a São Francisco de Assis.

Tanto a entrada quanto o interior do santuário são feitas de ouro, com detalhes minimamente caprichosos, uma verdadeira obra de arte sacra. 

Construída, inicialmente, em 1587, mas destruída pelos holandeses, a Igreja e Convento foi reconstruída no século 18.

Ainda que nem todos os turistas sejam católicos, muitos deles não abrem mão de conhecer uma das expressões barrocas mais conceituadas do país, que a tornou uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa.

6. Arena Fonte Nova

Arena Fonte Nova
Crédito: Valter Kabas (Flickr)

Quem viveu a época da Copa do Mundo 2014 deve se lembrar que a Arena Fonte Nova sediou alguns jogos de futebol na Copa.

O estádio foi construído após a implosão da antiga Fonte Nova, e além da Copa do Mundo, a Arena Fonte Nova também sediou alguns jogos das Olimpíadas de 2016 e alguns jogos da Copa América 2019.

Além de conhecer o estádio que ganhou padrão FIFA para a Copa, você pode apreciar a vista para o Dique do Tororó, um lago com cerca de 110 mil metros quadrados construído no século 18.

Após diversas reformas, um dos pontos turísticos de Salvador ganhou 12 esculturas de orixás, anfiteatro, centros comunitários, restaurantes, e equipamentos de esporte e lazer.

7. Carnaval de Salvador

Carnaval de Salvador
Crédito: Papa Eventos (Flickr)

Salvador é a terra de um povo festivo, animado, e orgulhoso de suas raízes, e a melhor forma de provar isso é aproveitando o Carnaval na capital baiana.

Diferente de outros estados, o Carnaval de Salvador é dos trios elétricos, que trazem o melhor do axé na Bahia nas principais ruas da cidade.

Entre os artistas, estão Ivete Sangalo, Chiclete com Banana e Olodum, figurinhas carimbadas nos principais trios elétricos da capital.

Então, se o seu negócio é a folia, aproveite o circuito Barra / Ondina, local por onde passam os foliões.

8. Fundação Jorge Amado

Fundação Casa de Jorge Amado
Crédito: Dario Nardacci (Flickr)

Ao caminhar pelas ladeiras de paralelepípedo do Pelourinho, o que mais chama atenção, de imediato, são os casarões coloridos. 

Um deles, em especial, atrai escritores, intelectuais e fãs de um dos maiores escritores da Bahia: a Fundação Casa de Jorge Amado.

O escritor de obras consagradas, como “Capitães da Areia” e “Tieta do Agreste”, tem um lugar dedicado a guardar suas memórias, fotografias, documentos, prêmios, livros, e também fotos feitas por Zélia Gattai, sua esposa.

Fundada em 1986 para ser uma ONG (organização não governamental), a Casa de Jorge Amado também possui espaço para cursos, palestras e eventos. O Café Zélia Gattai também marca presença e é ponto de encontro de escritores para comer um lanche e conversar.

9. Solar do Unhão, ao lado do Museu de Arte Moderna (MAM)

Solar do Unhão
Crédito: Ronaldo Miranda (Flickr)

Outro que integra nossa lista de melhores pontos turísticos de Salvador é o Solar do Unhão. O belo conjunto arquitetônico do século 17 é parada obrigatória para quem curte um passeio cultural.

Isso porque é lá onde fica o famoso MAM (Museu de Arte Moderna) da Bahia, um lugar que reúne obras de artistas consagrados, como os pintores brasileiros, Cândido Portinari e Tarsila do Amaral.

Ao fazer um tour no MAM, tanto em seu interior quanto pelo jardim, dá para conferir a exposição das obras de Carybé e Mário Cravo, e depois saborear uma comidinha no Solar Café, no píer do Solar do Unhão.

Passeio imperdível para os apaixonados pela arte e cultura baiana.

10. Igreja do Passo, a igreja do “Pagador de Promessas”

Igreja do Passo
Crédito: Maurício Almeida (Flickr)

Caso você seja fã do cinema nacional ou de qualquer lugar que tenha sido palco de gravações para a TV e cinema, a dica é conhecer a Igreja do Passo.

É assim que a Igreja do Santíssimo Sacramento da Rua do Passo é chamada, ou, se preferir, “a igreja do Pagador de Promessas”.

Pois foi nas escadarias dessa instituição que o filme “O Pagador de Promessas”, ganhador do Palma de Ouro em Cannes, foi gravado.

Esse é um dos pontos turísticos de Salvador para conferir no Pelourinho.

11. Igreja do Rosário dos Pretos

Igreja do Rosário dos Pretos
Crédito: Renegade of Funk (Flickr)

Construída pelo povo negro alforriado, a Igreja do Rosário dos Pretos é um monumento histórico de Pelourinho, que mistura a tradição das religiões católica e de matriz africana.

Diferente de outras missas, as da Igreja do Rosário dos Pretos, às terças-feiras, são marcadas por tambores, batuques e coreografias de afoxé. Uma verdadeira festa, sem deixar de lado a proteção e as bênçãos a quem frequenta o local.

Então, se quiser participar dessa missa diferente e animada, chegue cedo, porque a igreja fica lotada.

12. Basílica Nosso Senhor do Bonfim

Basílica Nosso Senhor do Bonfim
Crédito: takasphoto.com (Flickr)

Já ouviu falar da famosa fitinha do Senhor do Bonfim? É na visita à Basílica Nosso Senhor do Bonfim que você pode pegar a fitinha, fazer três pedidos e amarrar na grade. Tem várias delas na entrada, tornando o visual colorido e atrativo.

Dizem que todo pedido é realizado. Então, se vai passar por Salvador, por que deixar passar essa chance, né?

Outra coisa que nenhum turista pode perder é a “Lavagem do Bonfim”, um ritual que afasta más energias ao lavar as escadarias da igreja. Enquanto acontece a lavagem, cânticos africanos são entoados. 

13. Praia do Flamengo

Praia do Flamengo
Créditos: Amanda Saldanha (Flickr)

Depois de um belo roteiro cultural pelas cidades baianas e de conhecer lugares ricos em arte e música, o bom é se refrescar nas águas mornas da Praia do Flamengo.

Além de ser um atrativo para surfistas e também para crianças, por conta da formação de piscinas naturais, a Praia do Flamengo tem ótima infraestrutura, como massagem, duchas, lojas de artesanato e espaço para crianças.

O cardápio também é uma ótima pedida e a culinária é variada na região. Experimente comer a carne de sol com purê de aipim. Prato delicioso!

14. Praia de Itapuã, uma das praias mais famosas de Salvador

Praia de Itapuã
Crédito: Francisco Aragão (Flickr)

A quase 10 km do aeroporto, os visitantes encontram a famosa Praia de Itapuã, eternizada na canção de Vinicius de Moraes. Você já deve ter escutado essa música: “Passar uma tarde em Itapuã / Ao sol que arde em Itapuã”, feita na década de 70.

A musa inspiradora tem mesmo atributos que garantem a ela essa homenagem: areias douradas, praia cercada de coqueiros e lindas piscinas naturais. Um verdadeiro cenário paradisíaco!

Além dessa visão magnífica, os turistas podem contemplar um dos cartões postais da cidade, que é o Farol de Itapuã. Com 21 metros de altura, a vista pede uma bela foto de recordação.

Quando for visitar Salvador, portanto, não deixe de conhecer essa praia  e muito menos de passar uma tarde no calçadão da orla, e apreciar o mirante e o parquinho.

15.  Praia da Barra

Praia do Porto da Barra
Crédito: José Luiz Gonzales (Flickr)

Outra praia que não dá para deixar de lado é a Praia da Barra (veja mais), também conhecida como Porto da Barra. É um dos pontos turísticos de Salvador que atrai muitos visitantes, atrás de águas mornas e um lindo pôr do sol.

E se você quiser ficar na estreita faixa de areia, chegue cedo, porque ali costuma lotar de banhistas e ambulantes, que vendem petiscos, água e cerveja.

Afinal, muitos turistas que chegam no Porto da Barra vieram do Farol da Barra, após visitar seu interior, incluindo o Museu Náutico da Bahia.

Aproveite a noite na praia também para dar um mergulho. Não se preocupe, pois o local é bem iluminado e com policiamento.

16. Praia de Amaralina

Praia de Amaralina
Crédito: Sérgio Rocha (Flickr)

Outro ponto turístico de Salvador é a Praia de Amaralina, no bairro de Amaralina. O local é bastante frequentado, mas é bom esperar a maré baixa se quiser entrar na água, já que suas marés são fortes.

Você pode aproveitar e ver o lago das baianas e descansar na praça, que tem espaço para a prática de exercícios físicos e também é propício para andar de patins, por exemplo.

Dessa forma, a área também é boa para quem gosta de ciclismo por conta de sua faixa de ciclista. Ou seja, a Praia de Amaralina é um ótimo espaço de lazer em Salvador.

17. Rio Vermelho, a vida noturna de Salvador

Rio Vermelho
Crédito: Gustavo Barral (flickr)

Você já fez tudo isso durante o dia na Bahia?

  • Bateu perna nos principais pontos turísticos de Salvador;
  • Adentrou as igrejas e conferiu de perto sua arquitetura barroca;
  • Mergulhou nas águas mornas das praias;
  • Tirou fotos no alto do Elevador Lacerda;
  • Transitou pela Cidade Baixa e o Centro Histórico;
  • Fez comprinhas no Mercado Modelo;
  • Participou do agito no bairro Rio Vermelho (ops, esse ainda não!).

Para quem ama frequentar bares e restaurantes à noite, pode ficar tranquilo que a vida noturna está garantida no bairro Rio Vermelho.

O bairro possui bons lugares para comer e beber em Salvador e suas ruas conservam o clima tradicional que é muito amado por quem visita.

Caso sua viagem aconteça no primeiro semestre, principalmente no finalzinho de janeiro, dá para acompanhar a Festa de Iemanjá, em fevereiro.

Após as oferendas serem entregues ao mar por meio de barcos, as ruas são tomadas pela festa e muita música baiana.

E aí, partiu conhecer Salvador e seus pontos turísticos?

Praias, casarões antigos, obras de arte, figuras arquitetônicas, música, expressões artísticas, monumentos históricos – é impossível resumir a cidade de Salvador, com tantos pontos turísticos para conhecer.

Porém, neste post, selecionamos os melhores e mais visitados destinos que entregam as melhores experiências aos visitantes.

Mas ainda há outros lugares tão preciosos quanto os mencionados neste post, como o Teatro Miguel Santana e a Praia do Forte.

Portanto, visite Salvador, na Bahia, a terra de Dorival Caymmi, Caetano Veloso, Jorge Amado, Ivete Sangalo, do axé, do acarajé e do vatapá. 

E siga nossas dicas de pontos turísticos em Salvador e mergulhe na cidade mais contagiante do Brasil!

Garanta suas passagens aéreas e boa viagem.

Perguntas e Respostas

Qual o lugar mais bonito de Salvador?

A Igreja e Convento de São Francisco, ladeada de ouro, e o Morro do Cristo, com vista para o Farol da Barra, são os mais belos e admiráveis lugares de Salvador.

Qual o ponto turístico mais importante de Salvador?

Todo e qualquer monumento histórico de Salvador é um ponto turístico importante da cidade. Desde as igrejas no Centro Histórico até o Farol da Barra. Mas não se pode negar que as ladeiras do Pelô ganham forte destaque.

Quais são os locais de lazer mais importantes de Salvador?

As praias são um dos locais mais importantes para quem procura por lazer em Salvador. As faixas de areia e o calçadão da orla possuem atrações para toda a família.

Você também pode gostar...

Guia completo, atualizado e 100% gratuito para

Salvador