Lagoa Misteriosa Vale a Pena? Tudo o que você Precisa Saber!

Você já pensou na possibilidade de mergulhar em um locam em que a profundidade não é conhecida? Por essa razão, conhecer a Lagoa Misteriosa vale a pena. Aliás, seu próprio nome é derivado desta característica.

A atração ficou ainda mais conhecida devido à inconfundível visibilidade e à tonalidade azul vibrante de suas águas. Com efeito, elas são cristalinas, propiciando uma visibilidade superior a quarenta metros.

A Lagoa Misteriosa proporciona, ainda, passeio de mergulho (mergulho técnico, avançado, nitrox, etc) e flutuação.

O destino, que fica no município de Jardim (próximo a Bonito), Mato Grosso do Sul, encanta turistas de todo o mundo, disponibilizando uma experiência única, em contatos diretos com a natureza.

Localização

Onde fica?

A Lagoa Misteriosa em Bonito está localizada no “Recanto Ecológico do Rio da Prata”.

Caso deseje chegar ao lugar partindo de Bonito, você deve utilizar a saída para o Aeroporto Regional de Bonito, seguindo pela MS 178 no sentido Jardim.

Partindo de automóvel, o trajeto leva cerca de quarenta minutos, desde que não ocorra nenhum imprevisto.

Lugares próximos

  • Buraco das Araras;
  • Aeroporto Regional de Bonito, MS;
  • Centro da cidade de Bonito (as cidades são vizinhas);
  • Jardim Eco Park Balneário.

Posts Relacionados

Profundidade desconhecida

Lagoa Misteriosa
Fonte: Luisa Lima (Flickr)

Conforme mencionado, é muito bonito mergulhar em um lugar em que a profundidade não é conhecida! Na prática, este é o “mistério” da Lagoa.

O primeiro a realizar o mergulho foi Augusto Auler. Gilberto Menezes de Oliveira – mergulhador profissional – registrou, em 1998, a marca de duzentos e vinte metros de profundidade. Ainda assim, não chegou ao fundo da lagoa!

Transparência incrível da Lagoa Misteriosa

Lagoa Misteriosa conta com uma incrível transparência que impressiona todos os visitantes que, também se admiram com os seus distintos tons de azul durante as viagens. Essa nitidez deve-se, em grande medida, à existência de rochas calcárias.

Esses agregados sólidos sedimentam impurezas, fazendo com que a água da Lagoa Misteriosa fique extremamente cristalina. Ao mergulhar, quando atingir cerca de quarenta metros de profundidade, poderá visualizar as copas das árvores que emolduram o local. Simplesmente incrível!

Caverna inundada

Desde um ponto de vista científico, a Lagoa Misteriosa, a partir de seis metros de profundidade, passa a ser considerada como “caverna de gênese freática”.

Dito de outra forma, trata-se de uma cavidade que é formada pelo fluxo de águas provenientes do lençol subterrâneo, posicionando-a como uma das cavernas inundadas mais profundas do Brasil – algo que não existe na cidade vizinha de Bonito.

Espeleomergulho

Considerando as diferentes cavidades naturais e inundadas que existem na região (Nascente do Taquaral, Buraco das Abelhas, Gruta do Mimoso, Abismo Anhumas, a própria Lagoa Misteriosa, dentre outras) o espeleomergulho encontra, na Serra da Bodoquena, um ponto ideal, de acordo com a Sociedade Brasileira de Espeleologia (site).

Mergulho ou flutuação?

Flutuação na Lagoa Misteriosa
Fonte: Lucas Marinho (Flickr)

Se você pode investir um pouco a mais na sua viagem e aprecia o mergulho com cilindro, mergulhar na Lagoa Misteriosa é altamente recomendável.

Pode ser, ainda, que você seja um entusiasta que, entretanto, nunca realizou um curso específico nesta área e, tampouco, conheça todos os detalhes.

Nesse caso, poderá realizar o passeio chamado “mergulho de batismo”, no qual os equipamentos são monitorados por instrutores e o máximo de profundidade é de oito metros.

Para os mergulhadores que contam com a credencial básica (isto é, a “Open Water Scube), o máximo permitido é de dezoito metros de profundidade. Por seu turno, os mergulhadores dotados de credenciais avançadas (“Advanced Open Water Scuba Driver”), este número sobe para vinte e cinco metros.

Seja como for, você terá a chance de praticar o mergulho nas lindas águas azuis da Lagoa Misteriosa, observando as rochas, os troncos e os paredões em uma experiência maravilhosa e inigualável.

Vale destacar que os únicos animais que vivem na Lagoa Misteriosa são pequenos peixes laranjas e umas cobrinhas que não podem causar nenhum prejuízo à integridade física dos turistas.

Esses animais são visíveis somente durante os mergulhos, uma vez que (sobretudo, as cobras) vivem nas rochas laterais da Lagoa Misteriosa.

Quanto à flutuação, a modalidade é indicada para visitantes de todas as idades. Deste modo, você pode ter a sensação de adentrar uma caverna cujo fundo não é possível, sequer, enxergar!

Trilha e flutuação

Estes passeios começam em uma trilha interpretativa e pequena na mata que circunda a depressão circular (dolina), representando uma ótima oportunidade para observar a rica diversidade da flora e da fauna na região.

Pela trilha, os visitantes são conduzidos ao mirante. Deste ponto, é possível efetuar a contemplação de toda a beleza natural – principalmente, a vegetação arbórea – que envolve a dolina de setenta e cinco metros de profundidade, vislumbrando a Lagoa Misteriosa.

Há uma escadaria bastante segura que, com seus cento e oitenta e cinco degraus, franqueiam o acesso à lagoa. Assim, os grupos são limitados ao máximo de 10 visitantes, sempre acompanhados por guias locais especializados.

Quando chegar ao deque, os visitantes recebem os equipamentos que utilização para a flutuação, quais sejam, colete salva-vidas, snorkel e máscara.

Para os turistas que decidem não flutuar, a visualização da Lagoa Misteriosa tende a gerar um alto nível de admiração, dada a indescritível tonalidade azul de sua água cristalina.

A incrível experiência da flutuação

Todavia, a flutuação é extraordinária: a visualização dos 2 abismos azuis que compõem o fundo da Lagoa Misteriosa é simplesmente impressionante.

Os pequenos peixes que refletem a luz, as galhadas com suas folhas douradas, os depósitos de areias brancas, os troncos caídos e os paredões rochosos verticais transformam o local em um ambiente incomparável.

Abrem-se, a oito metros de profundidade, 2 poços de dez metros de diâmetro, descendo verticalmente rumo a mais de duzentos e quarenta metros de profundidade.

Para os visitantes, a sensação é a de flutuar nas águas transparentes sobre um abismo, como se estivessem soltos no ar.

Depois da flutuação – atividade realizada de acordo com um circuito específico da Lagoa Misteriosa – o grupo de turistas retorna ao deque para retirar os equipamentos, subir na escadaria e percorrer um pequeno trecho, a fim de retornar ao receptivo por meio da trilha interpretativa.

Mergulho com cilindro

Lagoa Misteriosa
Fonte: José Luiz Gonzalez (Flickr)

Os passeios que envolvem mergulhos com cilindros seguem roteiros similares ao da Trilha e Flutuação.

A única diferença é o tipo de atividade que será desenvolvida na água. Isto é, os mergulhos com cilindros na Lagoa Misteriosa englobam quatro categorias distintas.

Categorias de mergulhos

  • Batismo: é uma experiência autônoma de mergulho totalmente confortável e segura para o indivíduo que busca mergulhar, mas, como citado, não possui certificação. A proporção é de 2 visitantes para cada instrutor;
  • Autônomo Básico: destinada a qualquer pessoa com certificação da Open Water Scuba Diver. São até 2 visitantes para 1 instrutor;
  • Autônomo Avançado: esta categoria é para os turistas com o certificado Advanced Open Water, sendo até 2 visitantes para 1 instrutor;
  • Avançado Nitrox: a última categoria é realizada sob consulta exclusivamente entre os meses de setembro e março. A certificação exigida é a Advanced Open Water Scuba Diver. São até 2 visitantes para cada instrutor.

Nesse passeio, os turistas partem diretamente do receptivo, percorrendo a trilha interpretativa na mata circundante à dolina. A trilha conduz ao mirante.

Ao atingirem o deque de acesso, os visitantes são equipados com os materiais de mergulho Scuba, recebendo um breve treinamento sobre eles, visando facilitar a adaptação ao uso.

Esse é o momento de relaxar, se soltar e curtir, deixando de lado quaisquer preocupações, uma vez que os guias de mergulho sempre estarão ao seu lado, transmitindo segurança e apontando o melhor caminho a seguir.

Então, esqueça do mundo por alguns instantes, contemplando a imensidão azul desta lagoa. Depois do mergulho na Lagoa Misteriosa – que dura cerca de meia hora – os visitantes retornam ao deque, sendo auxiliados a retirarem os equipamentos.

Na sequência da viagem, sobem a escadaria acompanhados pelos guias, percorrendo outro trecho pequeno de trilha interpretativa para voltar ao receptivo, mas, desta vez, cheios de fotos para compartilhar e histórias para contar.

Cumpre ressaltar que a modalidade “Batismo” pode ser feita por qualquer indivíduo acima de dez anos de idade. Para tanto, basta ter disposição.

Cuidados preliminares

Apenas as gestantes e os turistas com problemas cardíacos devem evitar a atividade, segundo a restrição médica (confira as informações preliminares sobre os passeios).

Uma dica interessante: dada a proximidade entre os destinos turísticos, você pode realizar, no Recanto Ecológico do Rio da Prata, os passeios de Trilha e Flutuação no mesmo dia em que visitar a Lagoa Misteriosa.

Os turistas que escolherem passear apenas na Lagoa Misteriosa e evitar o transporte adicional, a dica é o almoço na sede do próprio Recanto Ecológico do Rio da Prata: a comida é muito saborosa e o cardápio é bastante variado, com opções que agradam todos os paladares.

Passeio pela Lagoa Misteriosa

O início do passeio se dá com uma caminhada pela mata. Entretanto, há uma ótima estrutura na trilha, tornando-a uma rara oportunidade para observar a encantadora natureza dessa região.

A trilha, propriamente dita, chega até o mirante. Deste ponto, os turistas podem visualizar a Lagoa Misteriosa.

Por volta do meio-dia, a luz solar tende a incidir diretamente sobre as águas, deixando-as ainda mais azuis vistas de cima.

Contrariamente, sempre que o sol não brilha diretamente sobre as águas, elas ficam mais escura. Porém, a cor e a visibilidade da água não apresentam variação relevante, de modo a não interferir nas viagens.

Dicas para fotos incríveis na Lagoa Misteriosa

Lagoa Misteriosa
Fonte: Fabio Capelini (Flickr)

Evidentemente, não poderiam faltar, no presente artigo, algumas dicas para você tirar as mais incríveis fotos na Lagoa Misteriosa, em sua visita ao Mato Grosso do Sul, não é mesmo? Antes de mais nada, considere investir em uma máquina fotográfica de qualidade profissional.

Na atualidade, é possível encontrar, no mercado, máquinas perfeitas para esse tipo de viagem, que envolve muitos passeios e experiência na água.

Priorize a qualidade do equipamento e escolha um modelo que contenha, também, o visor na parte da frente de sua câmera: isso facilita muito na hora de tirar boas fotos.

Outro elemento muito útil para os turistas que desejam fazer mergulhos com cilindros pode ser encontrado na caixa estanque.

Ela serve para elevar o nível de proteção da máquina fotográfica, evitando que ela trave no instante que você atingir determinados metros de profundidade.

Ademais, se você gosta de ter uns efeitos diferenciados em suas fotos, considere investir na aquisição de um “dome”: o aparelho, quando colocado na água, gera um afastamento para criar uma linha que assegura a qualidade das fotos – muito indicado para registrar os passeios de flutuação.

Outras dicas práticas incluem:

  • Na Lagoa Misteriosa existe a opção de contratar as suas fotos, com um fotógrafo profissional;
  • Tire fotografias de baixo para cima. Este ângulo é muito interessante e, certamente, você vai adorar os resultados;
  • Não deixe de tirar uma foto na famosa escadinha da Lagoa Misteriosa. Este local fica bem na saída do deque;
  • As mulheres podem aproveitar a visita para utilizar biquinis ou maiôs em cores vibrantes, como verde, preto ou vermelho. Essas tonalidades fazem lindos contrastes com o azul presente na Lagoa Misteriosa, resultando em fotos esteticamente perfeitas!

Como chegar e onde ficar?

Como você já sabe, a Lagoa Misteriosa pertence à cidade de Jardim, Mato Grosso do Sul.

Ela está a duzentos e setenta quilômetros de Campo Grande, a capital do estado, a trinta e seis quilômetros do centro de Jardim e a quarenta e cinco quilômetros do município de Bonito.

Para chegar, uma boa alternativa é alugar um carro (utilize um serviço ou app de sua confiança).

Dessa forma, você poderá utilizar o automóvel ao desembarcar no Aeroporto Internacional de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e dirigir para chegar até os passeios que desejar fazer na região de Bonito, como o da Lagoa Misteriosa.

O acesso fica na rodovia BR 267, na altura do Km 512, ou seja, a mesma estrada que é utilizada para chegar ao Recanto Ecológico Rio da Prata. Uma alternativa viável é fechar o transfer dos passeios diretamente com alguma agência local de turismo.

Com isso, você não precisará alugar um automóvel e dirigir. Contudo, caso queira ter maior flexibilidade para realizar os seus passeios, alugar um carro é, de fato, a opção mais indicada.

Qual é a melhor época para a visitação?

O melhor período do ano para a visitação ocorre entre os meses de maio e setembro. Afinal, entre outubro e abril, há uma intensa proliferação de algas – um processo natural capaz de deixar as águas da Lagoa Misteriosa um pouco mais turvas.

A tonalidade azul cristalina fica esverdeada, prejudicando a visibilidade. Por esse motivo, as atividades de mergulho com cilindro na Lagoa Misteriosa (categorias “Básico” e “Batismo) e flutuação são suspensas.

Portanto, caso deseje se planejar para realizar o passeio na Lagoa Misteriosa, o melhor é ficar atento a esse cronograma. Por exemplo, se visitar o local a partir de maio, encontrará a Lagoa Misteriosa aberta à visitação e com os passeios em pleno funcionamento.

Quais são os prós e contras da Lagoa Misteriosa?

Lagoa Misteriosa
Fonte: Pedro Coser (Flickr)

Em 2005, a Lagoa Misteriosa encerrou suas atividades turísticas, em função da existência de falhas em seu planejamento para o “manejo espeleológico”.

Esta documentação refere-se ao diagnóstico ambiental do local, estabelecendo diretrizes para a sua conservação, sendo essencial para liberar a viagem turística.

Ainda em 2005, a Lagoa Misteriosa foi adquirida pela organização chamada “Grupo Rio da Prata”, que é a responsável pelas atrações (como mergulhos e flutuações) da Estância Mimosa e do Recanto Ecológico.

O grupo iniciou, então, os estudos ambientes que se fizeram necessários para a regularização do “Plano de Manejo”, de acordo com as mesmas regras de sustentabilidade e atendimento de qualidade que fizeram com que tanto a Estância Mimosa quanto o Recanto Ecológico recebessem incontáveis prêmios nacionais e internacionais.

Na atualidade, com as atividades turísticas normalizadas na Lagoa Misteriosa, a maioria dos visitantes concentram suas avaliações, reclamações e elogios (estes, consideravelmente mais numerosos) em torno dos seguintes aspectos:

Prós

  • Os guias são muito atenciosos com os turistas;
  • Os instrutores são profissionais bem treinados e responsáveis;
  • A temperatura da água é agradável.

Contras

  • Nos meses de fevereiro e março, o nível da água tende a exceder a normalidade;
  • A Lagoa Misteriosa, infelizmente, funciona somente seis meses no ano;
  • Preços elevados em comparação a passeios similares.

Ficou alguma dúvida sobre a Lagoa Misteriosa?

Lagoa Misteriosa
Fonte: Lucas Marinho (Flickr)

Caso, após todas essas informações, você ainda tenha alguma dúvida se vale a pena conhecer a Lagoa Misteriosa, é provável que ainda não tenha imaginado o quanto sua beleza natural é diferenciada.

Em outras palavras, a Lagoa Misteriosa merece ser visitada por representar uma excelente oportunidade de ter a experiência de mergulhar em águas cristalinas e belíssimas, em uma das sete cavernas mais profundas de todo o Brasil!

Ademais, a vida natural do atrativo propicia muita tranquilidade e paz, sendo ideal para tirar belas fotos ou gravar vídeos inesquecíveis. No entanto, esse tipo de destino pode deixá-lo em dúvida quanto ao tamanho das trilhas ou a quantidade de degraus.

De fato, muitos turistas se sentem, em um primeiro momento, mais animados a conhecerem o Rio Sucuri ou as cachoeiras em Bonito.

Se você pensa assim, lembre-se de que, dentre os passeios em Bonito, existem mais de quarenta atrativos – como a flutuação na Lagoa Misteriosa, abertos à visitação (todos com limites diários da quantidade de passageiros, isto é, não deixe de reservar com antecedência).

Confira nosso e-book para facilitar sua viagem.