Quanto Custa Viajar para Bonito? Confira Preços e Estimativas de Custos

Bonito está localizado na região Centro-Oeste, no estado do Mato Grosso do Sul, e é o maior destino de ecoturismo do Brasil. Com cenários que parecem saídos de quadros pintados a mão, a natureza caprichou quando criou e preservou esse lugar. Porém, você sabe quanto custa viajar para Bonito?

Alguns passeios podem ser realmente caros, já que muitos deles são feitos dentro de propriedades particulares.

Assim, não se trata apenas de aprontar a mala e pegar o primeiro avião. Tudo precisa ser bem planejado para que você curta o lugar e volte para casa com saudades das férias.

Portanto, para que Bonito seja a sua próxima aventura, siga nossas dicas e saiba como se preparar para uma das suas melhores viagens nacionais. Essa cidade cabe no seu bolso!

Quanto custa viajar para Bonito? Planejamento financeiro da sua viagem

Bonito
Fonte: Rogerio Knebel (Flickr)

Antes de viajar, você deve fazer um planejamento financeiro. Confiar e descobrir na hora quanto vai gastar é apostar com a sorte, pois durante a viagem tudo é atrativo e animador.

Assim, para te ajudar nas estimativas e na escolha de passeios, segue uma lista dos principais pontos que devem ser levados em conta na planilha de gastos.

O que você deve saber antes da viagem?

Bonito é uma cidade de ecoturismo, então, todas as atividades dependem do clima e da época da viagem. Dessa forma, você consegue aproveitar em qualquer época do ano, mas dependerá do que deseja fazer em Bonito.

De fevereiro a abril chove muito e alguns passeios podem não ser bem aproveitados. Além disso, em algumas épocas, determinadas atividades entram em manutenção. Nesses meses, as diárias caem bastante de valor.

Portanto, você precisará falar com a agência, já que os passeios por grutas, trilhas e cachoeiras só podem ser feitos com um guia e um ingresso.

De maio a agosto chove menos, é o período de seca e as águas ficam cristalinas e com grande número de peixes.

O período de baixa temporada é de fevereiro a agosto; de dezembro a janeiro é a mais alta temporada.

Se você só pode viajar no fim do ano ou nas férias escolares, pagará os valores mais altos.

Posts Relacionados

Quais as alternativas para chegar até à cidade e quais os custos envolvidos?

Bonito Vista Aérea
Fonte: MTur Destinos (Flickr)

Dependerá muito do seu estado de origem. Em alguns estados, existem voos diretos; em outros serão necessárias escalas até que se chegue na cidade.

Confira as formas que os turistas podem chegar a Bonito.

Viagem direta de avião, partindo de São Paulo ou outros estados, como Rio de Janeiro

O trajeto direto é interessante para quem sai de São Paulo. Dentre as companhias aéreas, apenas a companhia aérea Azul possui voo direto Campinas-Bonito. Se o seu estado é próximo de São Paulo, o melhor seria ir até Campinas e pegar o voo direto.

O aeroporto de Bonito está a 14 km de distância do centro e você pode fazer o trajeto com transfer, alugado pela própria agência de viagem, por táxi no local ou alugar um carro.

Assim, verifique com antecedência se o aluguel de carro e o transfer estão disponíveis. O percurso demora em torno de 20 minutos.

O voo de Campinas a Bonito gira em torno de R$ 800 a R$ 1.300. Partindo de outros estados, os valores podem variar um pouco, mas sempre na faixa de R$ 700 a R$ 1.200, em média.

Trecho Campo Grande – Bonito

Para as pessoas que não moram em São Paulo, o mais econômico é comprar uma passagem aérea até Campo Grande – MS. De Campo Grande para Bonito, a distância é de 300 km, e aí o melhor é um transfer ou aluguel de carro.

Dependendo do estado de origem, um voo até Campo Grande pode variar entre R$ 400 e R$ 1.400.

Mas, em relação ao transfer, o trajeto demora cerca de 4 horas, então preste atenção no horário de chegada do seu voo. Se não tiver outro horário, então considere nos cálculos um pernoite em Campo Grande para pegar a estrada no outro dia.

Existe ainda a opção de pegar um ônibus, porém não é muito viável. A viagem dura 6 horas e você ainda pegará um táxi da rodoviária até a cidade. A opção é válida para moradores da região.

Gastos com transporte

Estrada para Bonito
Fonte: David Escote (Flickr)

Depois da passagem, é hora pensar na melhor forma de chegar à cidade. Existem os mais variados tipos de transporte, porém, o local de origem é um dos fatores que influenciam.

Assim, confira os valores e qual opção melhor se adapta a sua viagem para Bonito – MS.

Táxi ou transfer

Visitantes, muitas vezes, fazem a viagem sozinhos e, outras vezes, com a família. Se você fez o trajeto direto e está sozinho, o interessante é entrar em um transfer.

O valor de um transfer custa a partir de R$ 30 por pessoa, mas somente para hotéis que estejam na região central de Bonito. Para quem veio com a família, o mais econômico seria um táxi que custa em média R$ 70.

Se a sua viagem para Bonito começou pelo aeroporto de Campo Grande, a melhor opção seria fechar com uma agência de viagem, com antecedência, um transfer que custa a partir de R$ 100 por pessoa.

Ônibus

Para os visitantes que preferem ônibus, essa opção é válida para quem está no aeroporto de Campo Grande, já que a rodoviária fica um pouco antes da cidade.

Porém, apesar de não ser vantajoso, quem escolhe esse tipo de transporte terá pela frente 6 horas de viagem e, ainda, quando chegar na rodoviária, precisará pegar um táxi ou um carro alugado para chegar ao centro de Bonito.

A passagem de ônibus custa em média R$ 70.

Aluguel de carro

Alugar um carro também é uma opção, entretanto, você precisa ficar atento aos detalhes, como os horários de chegada do seu voo. Podem ser encontrados carros a partir de R$ 137 a diária.

Lembre-se que se sua saída partir do aeroporto de Bonito, o trajeto dura 20 minutos, mas se partir de Campo Grande o trajeto será de 4 horas.

Hospedagem em Bonito é cara?

Centro de Bonito
Fonte: rodrigo casca (Flickr)

O quesito hospedagem interfere muito no orçamento de quem procura saber quanto custa viajar para Bonito. Portanto, o mais importante é buscar o máximo de informações antes de se preparar para viajar para a cidade.

Bonito, no Mato Grosso do Sul, é uma cidade dividida em região central e área rural.

Ambas as regiões possuem lugares incríveis, com preços e tipos variados, que precisam ser observados nas suas pesquisas sobre quanto custa viajar para Bonito. Vale ressaltar que os preços variam de acordo com a época de viagem.

Região central

A região central fica próxima dos restaurantes e da vida noturna local, ideal para quem deseja unir a natureza e a área urbana.

Pousadas

Na região central existem diversas opções de pousadas, que vão das mais baratas até as mais caras. Tudo depende do que você procura e quanto deseja investir em hospedagem. Veja algumas pousadas a seguir.

Pousada Girassol

Com uma decoração mais moderna, a pousada é muito bem avaliada por suas acomodações, com nota 9,5 pelos usuários. Oferece conforto, piscina e opções de café da manhã.

Devido à pandemia de COVID-19, essa e outras estadias da cidade possuem procedimentos para garantir a saúde dos hóspedes. Suas diárias estão a partir de R$ 180,00.

Sucuruá

Considerada uma das melhores pousadas da cidade, ela investe na área verde e uma estrutura que mergulha na natureza. Avaliada pelos usuários com nota 9,4, oferece um café maravilhoso, além de uma piscina para a diversão das crianças, por exemplo. Suas diárias ficam na média de R$ 400,00.

Arte e Natureza

Com 3 piscinas ao ar livre, hidromassagem e cachoeiras artificiais, a pousada investe bem em sua estrutura e conforto. Alguns quartos possuem sua própria piscina. Além disso, o café está incluso na diária.

Está localizada a 600 metros da rodoviária, 2 km do aeroporto de Bonito e 6,6 km do Aquário Natural, o que rende 9,4 de nota entre os usuários. Suas diárias estão a partir de R$ 450,00.

Hotéis

Além das pousadas, existem alguns hotéis disponíveis na região que também possuem uma estrutura muito boa para os hóspedes que escolhem Bonito como destino de viagem. A seguir, algumas boas opções de hotéis.

Pirá Miúna

Avaliado com 8,5 pelos usuários, o Hotel Pirá Miúna está próximo do centro de Bonito. Todos os quartos possuem o conforto básico e a área comum possui um bar e hidromassagem. As diárias estão a partir de R$ 200,00.

Hotel da Praça

Este hotel está localizado bem ao lado da praça central, possui uma piscina incrível, além de uma hidromassagem instalada na cobertura. Um ótimo café disponível e avaliado com 8,6 pelos usuários. Diárias a partir de R$ 360,00.

Marruá Hotel

Classificado principalmente pelo seu excelente atendimento, o Marruá está a 15 minutos do centro de Bonito. O hotel 4 estrelas possui café incluso na diária e localização próxima da rodoviária. O hotel está avaliado com 8,4 pelos usuários e suas diárias estão a partir de R$ 260,00.

Westiga Hotel

Com uma estrutura de peso, o Westiga oferece dois tipos de piscinas, sauna, área de massagem para os hóspedes, um grande restaurante com café, por exemplo, além da localização a 1,5 km do centro.

O hotel também está a 15 km da Gruta Lago Azul e 290 km do aeroporto de Campo Grande. Avaliado com 8,2 pelos usuários, suas diárias ficam em média por R$ 400,00.

Hostels

Para aqueles que buscam apenas uma hospedagem para deixar suas coisas em segurança enquanto aproveitam as belezas naturais de Bonito, existem hostels disponíveis.

Bonito Hi Hostel

Aconchegante, simples e com um ar que combina com a cidade de Bonito. Quartos espaçosos e arejados. Além disso, o lugar ainda oferece opção de café e um bar à noite. Diárias a partir de R$ 110,00.

Papaya Hostel

Com uma estrutura que conta com piscina ao ar livre, o hostel está localizado a 200 m da rodoviária. Um local aconchegante e moderno, com vários tipos de acomodações. Também está próximo à área central da cidade. Avaliado com 8,7 pelos usuários, possui diárias a partir de R$ 120,00.

Região rural

A área rural, marcada pela calmaria, proporciona contato direto com a natureza e lugares perfeitos para relaxar e se afastar um pouco do agito das grandes cidades.

De fato, a área rural é espetacular, perfeita para aqueles que amam aventura e natureza. Porém, está afastada da região central e de tudo que seja área urbana.

Dessa forma, você terá uma imersão total no ambiente, integração da hospedagem com rios e atividades e ainda, se escolher um lugar all inclusive, não precisará sair do local para aproveitar a natureza de Bonito.

Pousadas e Resorts

Pousada Di Luna

Com chalés inspirados na arquitetura alemã, a Pousada Di Luna está bem no meio da natureza. A pousada oferece café, conforto, piscina e uma estrutura rústica bem organizada, por exemplo. Avaliada com 8,6 pelos usuários, a pousada possui diárias a partir de R$ 270,00.

Zagaia Eco Resort

O melhor dos dois mundos, o Zagaia oferece a natureza com o conforto e regalias do mundo moderno. Assim, o resort conta com piscinas, academia, quadras esportivas e muito mais, com opções de café e jantar inclusos, por exemplo. Diárias a partir de R$ 436,00.

Hotéis

Santa Esmeralda

Se você sonha em abrir a porta e dar de cara com um rio e peixes à sua espera, o Santa Esmeralda é perfeito para você. O hotel está às margens do Rio Formoso, próximo a cachoeiras e piscinas naturais, além de ter café da manhã e jantar inclusos. Diárias a partir de R$ 800,00.

Alugar uma casa

Para você que viaja em família e deseja apenas um bom lugar para dormir, já que sua viagem está recheada de atividades, o mais indicado seria alugar uma casa. Você pode usar o Airbnb para essa situação.

Existem casas disponíveis próximas ao centro e a supermercados. Assim, você economiza na alimentação e garante um bom lugar para dividir com a família.

Como saber quanto devo investir em alimentação?

Aquário Natural de Bonito
Fonte: Jorge del Valle (Flickr)

Alimentação é um investimento que varia bastante. Tudo depende do que você pensa na hora de fazer o roteiro de viagem. Se passar o dia em atividades, precisará investir em restaurantes próximos.

Se passar o dia próximo à cidade, pode voltar ao hotel ou comprar mantimentos para comer na casa alugada, por exemplo. Abaixo, estão algumas opções de alimentação.

Café da manhã

A região central possui pouca opção para as refeições da manhã e da tarde, já que a maioria das pessoas está em passeios na área rural. Os cafés da manhã são geralmente feitos nas hospedagens.

Algumas delas, inclusive, oferecem café da manhã para pessoas que não são hóspedes, mas é necessário confirmar as informações.

Almoço

As fazendas Boca da Onça, Rio da Prata (onde é possível fazer a famosa flutuação Rio da Prata), Estância Mimosa e Nascente Azul oferecem uma alimentação caseira em seus restaurantes, possibilitando comer e voltar ao passeio sem problemas. No Balneário Nascente Azul o almoço sai por R$ 49,00 por pessoa.

Se você estiver no Abismo Anhumas, a melhor opção é ir em direção ao Pantanal, pois no Abismo não servem alimentações. Já no Pantanal você encontra almoço e jantar com pratos exóticos, como queixada e capivara.

Jantar

Viajar para Bonito e não aproveitar um pouco da vida noturna, com os restaurantes da região central, é perder a sensação do lugar. Apesar de fecharem cedo, você pode fazer um pequeno turismo gastronômico pelos restaurantes.

E o local mais recomendado é a Casa do João, com mesas rústicas embaixo de árvores, dando um requinte ao lugar. Aqui você pode ter um jantar para 2 pessoas por R$ 119,00.

Além disso, outro lugar é o Cantinho do Peixe, onde você pode comer os filés de pacu, pintado e piraputanga com um caldinho de piranha. Você pode até apreciar um estrogonofe de jacaré no abacaxi por R$ 45,00.

Essas são umas das mais variadas opções. Portanto, lugar para jantar não vai faltar.

Atividades e passeios em Bonito

Agora chegamos ao que realmente interessa: os diversos passeios e atividades de Bonito. Antes de tudo, saiba que esses passeios precisam ser reservados com antecedência nas agências de turismo.

Os preços são tabelados, então você não terá problemas em precisar buscar o mais barato e saberá quanto precisará investir desde o início. A baixa temporada possui os melhores preços, como para o Balneário Municipal de Bonito, por exemplo, um dos locais mais concorridos.

Balneários

Balneário Nascente Azul
Fonte: Transmundi Operadora (Flickr)

Para os Balneários, os preços de alguns deles são:

  • Balneário Municipal: Day use com crianças até 06 anos grátis. R$ 55,00 – baixa temporada e R$ 80,00 alta temporada;
  • Balneário do Sol: Crianças de o6 a 10 anos pagam R$ 40,00 e adultos pagam R$ 70,00. Ambas temporadas;
  • Nascente Azul: R$ 42,00 – R$ 62,00 (crianças de 07 a 11 anos) e R$ 52,00 – R$ 70,00 para adultos.

Grutas

Gruta do Lago Azul
Fonte: Sidnei José Romano (Flickr)

As três grutas, abertas a visitação, são:

  • São Mateus: R$ 7,20 para crianças de 05 a 11 anos (abaixo dessa idade não é permitida a entrada) e R$ 50,00 – R$ 65,00 para adultos, a depender da temporada;
  • Gruta São Miguel: R$ 7,20 para crianças de 05 a 11 anos (abaixo dessa idade não é permitida a entrada) e R$ 58,00 – R$ 78,00 para adultos, a depender da temporada;
  • Gruta do Lago Azul: Adulto ou criança, a partir de 5 anos, pagam entre R$ 90,00 e R$ 130,00, dependendo da temporada.

Trilhas e cachoeiras

Parque das Cachoeiras
Fonte: Ricardo Zaviasky (Flickr)

Existem diversos passeios de trilhas e cachoeiras. Abaixo você confere os valores de algumas das mais procuradas:

Rio Sucuri: Trilha para crianças de 04 e 05 anos por R$ 25,00 – R$ 50,00, de 06 a 12 anos por R$ 184,00 – 249,00 e adultos por R$ 241,00 – R$ 249,00, a depender da temporada.

Rio da Prata: Flutuação e trilha, para crianças a partir de 05 anos e adultos, por R$ 280,00 – R$ 350,00. Incluso almoço.

Boca da onça: Você pode fazer rapel e o plano Trilha Adventure por R$ 574,00 – R$ 664,00 para crianças com mais de 12 anos e mais de 45 kg e adultos.

Parque das Cachoeiras: Você pode fazer trilha e Cachoeiras com crianças de 6 a 11 anos por R$ 79,00 (crianças abaixo de 06 anos têm entrada gratuita) e adultos por R$ 116,00 – R$ 136,00.

Rio do Peixe: Trilha e cachoeiras com almoço incluso R$ 206,00 – R$235,00 para crianças de 06 a 12 anos (crianças abaixo de 06 anos têm entrada gratuita) e R$ 253,00 – R$ 278,00 para adultos.

Flutuações

Flutuação no Rio da Prata
Fonte: Josue Limeira da Silva Junior (Flickr)

Entre os inúmeros lugares em que você pode fazer flutuação, temos:

Lagoa Misteriosa: Para crianças (a partir de 06 anos) e adultos por R$ 170,00 – R$ 190,00. Conforme temporada.

Abismo Anhumas: Para crianças (com 40 kg, no mínimo, e sob supervisão dos monitores) e adultos por R$ 1.000,00.

Barra do Sucuri: Flutuação por R$ 24,00 – R$ 26,00 para crianças de 05 a 06 anos e R$ 171,00 – R$ 199,00 para crianças (maiores de 06 anos) e adultos.

Mergulhos

Lagoa Misteriosa
Fonte: Lucas Marinho (Flickr)

Lagoa Misteriosa: Para crianças a partir de 10 anos e adultos por R$ 400,00 em qualquer temporada.

Abismo Anhumas: Você pode fazer aqui também rapel e mergulho por R$ 1.570,00 para crianças a partir de 11 anos e adultos.

Recanto Ecológico Rio da Prata: Você pode mergulhar nesse lugar incrível por R$ 310,00 para crianças a partir de 10 anos e adultos.

Nascente Azul: O adulto pode mergulhar no local, com crianças acima de 11 anos, por R$ 252,00 em ambas as temporadas.

Aventura

Rapel em Bonito
Fonte: beto felix (Flickr)

Bike: Você pode fazer uma trilha de bike, com a visitação à Gruta São Mateus inclusa, por R$ 91,00 – R$ 105,00.

Nascente Azul: Combo Adventure inclui a visita ao Balneário + Tirolesa por R$ 92,00 – R$ 122,00 para crianças acima dos 40 kg e adultos.

Porto da Ilha: Nesse você pode fazer Boia Cross ou Stand-Up por R$ 62,00 – R$ 68,00 para crianças de 05 a 11 anos e R$ 68,00 – R$ 75,00 para adultos.

Hotel Cabanas: Durante o período diurno, o Hotel Cabanas disponibiliza sua estrutura de arvorismo para pessoas não hóspedes. O valor fica por R$ 100,00 para crianças de 06 a 11 anos e R$ 125,00 para adultos.

Serra da Bodoquena: Você pode andar no quadriciclo individual por R$ 140,00 para pessoas maiores de 12 anos e R$ 180,00 para o duplo – nesse, pode levar crianças de 05 a 08 anos na garupa gratuitamente.

Natureza e Projeto Ambiental

Buraco das Araras
Fonte: Cristian Malevic (Flickr)

Além de toda essa aventura e imersão na fauna marinha, você ainda encontra atividades voltadas para o meio ambiente:

Buraco das Araras: Visitação sai por R$ 68,00 para crianças de 08 a 12 anos (abaixo disso tem entrada gratuita) e R$ 82,00 para adultos.

Projeto Jiboia: No Projeto Jiboia, crianças a partir de 05 anos e adultos pagam R$ 60,00 de entrada.

Rio da Prata: Para observar as belíssimas aves do local, crianças a partir de 06 anos e adultos pagam R$ 95,00 de entrada.

Seguro viagem vale a pena?

Muitas pessoas preferem não contratar, mas é um serviço muito importante para não se ter péssimas lembranças da sua viagem.

Mas, um seguro viagem te ajuda a evitar gastos não planejados, te garante reembolso se precisar cancelar a viagem ou ir embora antes, além de outros benefícios.

E mesmo que você já tenha plano de saúde, o seguro viagem te ajuda cobrindo estados em que seu plano não está presente. Além disso, algumas operadoras ainda oferecem a opção de seguro viagem com proteção COVID-19.

Segurança nunca é demais e os valores são baixos com pacotes por R$ 150,00 para cobrir o mês. Garanta sua viagem sem estresse!